Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Fim da “era Jô” no Corinthians! Relembre 10 momentos marcantes do atacante no Timão

Lance

Lance|Do R7

No dia 9 de junho de 2022, Corinthians e Jô decidiram, de forma amigável, rescindir o contrato do atleta após o centroavante ser flagrado no pagode enquanto o clube alvinegro perdia para o Cuiabá no Brasileirão, e o jogador não comparecer ao treino no dia seguinte. Ao longo de suas três passagens pelo Timão, Jô conquistou dois títulos brasileiros (2005 e 2017), além de um Paulistão (2017), marcando 65 gols em 284 jogos. O LANCE! relembra 10 momentos marcantes do centroavante pelo clube alvinegro.
No dia 9 de junho de 2022, Corinthians e Jô decidiram, de forma amigável, rescindir o contrato do atleta após o centroavante ser flagrado no pagode enquanto o clube alvinegro perdia para o Cuiabá no Brasileirão, e o jogador não comparecer ao treino no ... No dia 9 de junho de 2022, Corinthians e Jô decidiram, de forma amigável, rescindir o contrato do atleta após o centroavante ser flagrado no pagode enquanto o clube alvinegro perdia para o Cuiabá no Brasileirão, e o jogador não comparecer ao treino no dia seguinte. Ao longo de suas três passagens pelo Timão, Jô conquistou dois títulos brasileiros (2005 e 2017), além de um Paulistão (2017), marcando 65 gols em 284 jogos. O LANCE! relembra 10 momentos marcantes do centroavante pelo clube alvinegro.
No dia 19 de junho de 2003, Jô, considerado uma das maiores promessas do Terrão, fazia a sua estreia no time profissional do Corinthians na vitória por 1 a 0 contra o Guarani, pelo Brasileirão. Ele entrou no segundo tempo, na vaga de Abuda, que havia marcado o único gol da partida. Jô manteve a marca de jogador mais jovem a estrear pelo Timão até 2019, quando o zagueiro Lucas Belezi
No dia 19 de junho de 2003, Jô, considerado uma das maiores promessas do Terrão, fazia a sua estreia no time profissional do Corinthians na vitória por 1 a 0 contra o Guarani, pelo Brasileirão. Ele entrou no segundo tempo, na vaga de Abuda, que havia m... No dia 19 de junho de 2003, Jô, considerado uma das maiores promessas do Terrão, fazia a sua estreia no time profissional do Corinthians na vitória por 1 a 0 contra o Guarani, pelo Brasileirão. Ele entrou no segundo tempo, na vaga de Abuda, que havia marcado o único gol da partida. Jô manteve a marca de jogador mais jovem a estrear pelo Timão até 2019, quando o zagueiro Lucas Belezi
Não demorou muito para que Jô marcasse o seu primeiro gol pelo Corinthians. O feito ocorreu no dia 24 de agosto de 2003, na vitória por 3 a 1 contra o Internacional, no Pacaembu, pelo Brasileirão. Naquela ocasião, o centroavante aproveitou cruzamento do meia Robert para selar a vitória do Timão contra o Colorado.
Não demorou muito para que Jô marcasse o seu primeiro gol pelo Corinthians. O feito ocorreu no dia 24 de agosto de 2003, na vitória por 3 a 1 contra o Internacional, no Pacaembu, pelo Brasileirão. Naquela ocasião, o centroavante aproveitou cruzamento d... Não demorou muito para que Jô marcasse o seu primeiro gol pelo Corinthians. O feito ocorreu no dia 24 de agosto de 2003, na vitória por 3 a 1 contra o Internacional, no Pacaembu, pelo Brasileirão. Naquela ocasião, o centroavante aproveitou cruzamento do meia Robert para selar a vitória do Timão contra o Colorado.
Após ser coroado como o melhor jogador da Copa São Paulo de 2004, torneio vencido pelo Corinthians, Jô voltou ao time principal e fez sólida temporada pelo Timão, marcando 10 gols em 53 jogos, Pela primeira vez, ele foi o artilheiro do clube alvinegro em uma temporada, feito que repetiu em 2017, 2020 e 2021.
Após ser coroado como o melhor jogador da Copa São Paulo de 2004, torneio vencido pelo Corinthians, Jô voltou ao time principal e fez sólida temporada pelo Timão, marcando 10 gols em 53 jogos, Pela primeira vez, ele foi o artilheiro do clube alvinegro ... Após ser coroado como o melhor jogador da Copa São Paulo de 2004, torneio vencido pelo Corinthians, Jô voltou ao time principal e fez sólida temporada pelo Timão, marcando 10 gols em 53 jogos, Pela primeira vez, ele foi o artilheiro do clube alvinegro em uma temporada, feito que repetiu em 2017, 2020 e 2021.
Ao lado de Tevez, Jô foi importante na conquista do título brasileiro de 2005 (sua primeira taça no time profissional do Corinthians), marcando quatro gols em 27 jogos na temporada. No ano que foi vendido ao CSKA, da Rússia, sofreu uma fratura no tornozelo, que interrompeu o bom início de carreira.
Ao lado de Tevez, Jô foi importante na conquista do título brasileiro de 2005 (sua primeira taça no time profissional do Corinthians), marcando quatro gols em 27 jogos na temporada. No ano que foi vendido ao CSKA, da Rússia, sofreu uma fratura no torno... Ao lado de Tevez, Jô foi importante na conquista do título brasileiro de 2005 (sua primeira taça no time profissional do Corinthians), marcando quatro gols em 27 jogos na temporada. No ano que foi vendido ao CSKA, da Rússia, sofreu uma fratura no tornozelo, que interrompeu o bom início de carreira.
2017 foi o melhor ano do Jô no Corinthians. Ele foi o principal destaque do Timão no título brasileiro daquela temporada, marcando gols cruciais para a equipe. Na 35ª rodada, após sair perdendo para o Fluminense na Neo Química Arena, Jô fez os dois gols da virada corintiana. Após o 3 a 1, o Corinthians confirmou o heptacampeonato brasileiro, e o centroavante terminou como artilheiro e craque da competição.
2017 foi o melhor ano do Jô no Corinthians. Ele foi o principal destaque do Timão no título brasileiro daquela temporada, marcando gols cruciais para a equipe. Na 35ª rodada, após sair perdendo para o Fluminense na Neo Química Arena, Jô fez os dois gol... 2017 foi o melhor ano do Jô no Corinthians. Ele foi o principal destaque do Timão no título brasileiro daquela temporada, marcando gols cruciais para a equipe. Na 35ª rodada, após sair perdendo para o Fluminense na Neo Química Arena, Jô fez os dois gols da virada corintiana. Após o 3 a 1, o Corinthians confirmou o heptacampeonato brasileiro, e o centroavante terminou como artilheiro e craque da competição.
Jô retornou ao Corinthians no primeiro semestre de 2020, e mesmo sendo o artilheiro do clube na temporada, não teve tanto destaque. Em 2021, voltou a ser importante e bateu diversas marcas históricas. A primeira delas veio na 7ª rodada do Brasileirão. Ao marcar o gol corintiano no empate por 1 a 1 com o Fluminense, Jô chegou ao seu 56º gol pelo clube, superou Dentinho e se tornou o maior artilheiro do clube alvinegro no século 21.
Jô retornou ao Corinthians no primeiro semestre de 2020, e mesmo sendo o artilheiro do clube na temporada, não teve tanto destaque. Em 2021, voltou a ser importante e bateu diversas marcas históricas. A primeira delas veio na 7ª rodada do Brasileirão. ... Jô retornou ao Corinthians no primeiro semestre de 2020, e mesmo sendo o artilheiro do clube na temporada, não teve tanto destaque. Em 2021, voltou a ser importante e bateu diversas marcas históricas. A primeira delas veio na 7ª rodada do Brasileirão. Ao marcar o gol corintiano no empate por 1 a 1 com o Fluminense, Jô chegou ao seu 56º gol pelo clube, superou Dentinho e se tornou o maior artilheiro do clube alvinegro no século 21.
O próximo grande feito do centroavante foi desbancar Sócrates e se consolidar como o segundo maior artilheiro do Corinthians em Campeonatos Brasileiros. O feito veio na 18ª rodada do Brasileirão de 2021, quando ele marcou o gol da vitória por 1 a 0 do Timão contra o Grêmio, no Rio Grande do Sul.
O próximo grande feito do centroavante foi desbancar Sócrates e se consolidar como o segundo maior artilheiro do Corinthians em Campeonatos Brasileiros. O feito veio na 18ª rodada do Brasileirão de 2021, quando ele marcou o gol da vitória por 1 a 0 do ... O próximo grande feito do centroavante foi desbancar Sócrates e se consolidar como o segundo maior artilheiro do Corinthians em Campeonatos Brasileiros. O feito veio na 18ª rodada do Brasileirão de 2021, quando ele marcou o gol da vitória por 1 a 0 do Timão contra o Grêmio, no Rio Grande do Sul.
Outra marca pessoal conquistada pelo centroavante veio na 24ª rodada do Brasileirão de 2021. No jogo que marcou o retorno da torcida à Neo Química Arena, Jô se tornou o maior artilheiro da Arena ao marcar na vitória por 3 a 1 do Timão contra o Bahia. Ele soma 30 gols na casa do Timão em Itaquera.
Outra marca pessoal conquistada pelo centroavante veio na 24ª rodada do Brasileirão de 2021. No jogo que marcou o retorno da torcida à Neo Química Arena, Jô se tornou o maior artilheiro da Arena ao marcar na vitória por 3 a 1 do Timão contra o Bahia. E... Outra marca pessoal conquistada pelo centroavante veio na 24ª rodada do Brasileirão de 2021. No jogo que marcou o retorno da torcida à Neo Química Arena, Jô se tornou o maior artilheiro da Arena ao marcar na vitória por 3 a 1 do Timão contra o Bahia. Ele soma 30 gols na casa do Timão em Itaquera.
O último gol de Jô pelo Corinthians foi justamente contra a sua primeira ‘vítima’ na carreira: o Internacional. O camisa 77 fez o segundo gol do Timão no empate por 2 a 2 com o Internacional, na sexta rodada do Brasileirão, no dia 14 de maio. Ele encerrou 2022 com 19 jogos e quatro gols pelo clube alvinegro.
O último gol de Jô pelo Corinthians foi justamente contra a sua primeira ‘vítima’ na carreira: o Internacional. O camisa 77 fez o segundo gol do Timão no empate por 2 a 2 com o Internacional, na sexta rodada do Brasileirão, no dia 14 de maio. Ele encer... O último gol de Jô pelo Corinthians foi justamente contra a sua primeira ‘vítima’ na carreira: o Internacional. O camisa 77 fez o segundo gol do Timão no empate por 2 a 2 com o Internacional, na sexta rodada do Brasileirão, no dia 14 de maio. Ele encerrou 2022 com 19 jogos e quatro gols pelo clube alvinegro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.