Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Filho de Zico relata que fama do ídolo do Flamengo trouxe problemas à família

Arthur Júnior Coimbra revelou os impactos da fama do pai em sua vida pessoal

Lance|

Lance
Lance Lance

Primogênito do ex-jogador Zico, Arthur Júnior Coimbra falou sobre a experiência de ter um pai famoso. O ex-jogador participou do programa 'Faustão na Band', na noite de terça-feira, e foi destaque no quadro "Arquivo Confidencial", onde alguns amigos pessoais e familiares contaram algumas histórias de bastidores de sua vida. E um dos convidados foi o seu filho mais velho.

Arthur Júnior mandou uma mensagem para Zico e falou sobre o impacto negativo que a popularidade do pai trouxe para a vida da família. Ele ressaltou que, embora tenha muito orgulho de ser filho do ídolo do Flamengo, a fama nem sempre foi algo positivo.

+ Site lista 32 jogadores do Brasileirão que mais desvalorizaram em 2023

- De certa forma, você nunca é tratado da mesma maneira que os outros. Geralmente, quando alguém te trata bem, trata muito bem por saber que a gente é filho dele. Mas, ao mesmo tempo, tinha muita gente que tratava mal para querer mostrar que não é porque é filho do Zico que vai nos tratar melhor do que os outros - disse Júnior.

Publicidade

O filho do ídolo do ex-jogador afirmou que, ao longo de toda a vida, sempre buscou ser tratado com igualdade por todos.

- A gente não queria isso, a gente sempre quis ser tratado igual aos outros - conta.

Publicidade

+ Zico fala sobre idolatria da nova geração de torcedores do Flamengo: 'Buscam saber quem eu fui'

ÍDOLO MÁXIMO

Publicidade

Com a camisa rubro-negra, Zico atuou durante os anos de 1971 até 1983, quando teve uma pausa para jogar na Itália, pela Udinese, e retornou em 1985 para o clube do coração. Na segunda passagem, o eterno camisa 10 da Gávea ficou até 1989. Ao todo, foram 732 jogos e 509 gols marcados.

No quesito título, a geração de 80 encantou os torcedores com muitas celebrações. Com Zico liderando o time, o Flamengo conquistou 7 Campeonatos Cariocas (1972, 1974, 1978, 1979, 1979), 4 Campeonatos Brasileiros (1980, 1982, 1983 e 1987 ), 1 Copa Libertadores da América (1981) e 1 Mundial de Clubes (1981).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.