Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Fernando Santos analisa revés de Portugal para a Coreia do Sul e admite: 'A responsabilidade é minha'

Comandante citou que o segundo gol dos sul-coreanos surgiu de um escanteio mal cobrado pelo portugueses, que ofereceram o contra-ataque e deram liberdade para Son

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

Mesmo com a vaga já garantida, Portugal foi a campo pela última rodada do Grupo H e até saiu na frente. Contudo, viu a Coreia do Sul virar o placar no final e também avançar para as oitavas, fazendo com que o Uruguai volte para casa. O técnico Fernando Santos chamou a responsabilidade do revés para si e disse que a seleção caiu de rendimento na segunda etapa.

- Perdemos intensidade na segunda parte na conquista dos duelos. O adversário começou a ganhar mais duelos, na segunda parte a equipa foi de muitos altos e baixos. Na primeira parte não os deixámos contra-atacar, mas na segunda a circulação de bola foi mais lenta, muito individualizada. Alertei ao intervalo que, quando explorávamos a profundidade, estávamos a criar perigo, jogar curto não dava, mas na segunda parte não o conseguimos fazer. As coisas não correram bem e a responsabilidade é minha, obviamente - disse o treinador.

Além disso, o comandante citou que o segundo gol dos sul-coreanos surgiu de um escanteio de Portugal. No contra-ataque, Son teve liberdade para dominar, levantar a cabeça e deixar Hwang Hee-Chan na cara do gol.

- Já tinha acontecido com a Sérvia e os jogadores sabem perfeitamente que não pode acontecer, estão mais do que avisados para isto. Não pode acontecer! Talvez pela ansiedade de querer fazer o gol, meter a bola rápido, enfim, vamos ver isso com os jogadores - explicou.

Publicidade

+ Confira e simule a tabela da Copa do Mundo

- A moral estava em alta e vai abanar um bocadinho, o que é normal, mas por outro lado isto será uma chamada à razão. Este grupo está muito focado e vai entender isto mais por esse prisma, temos de continuar a ser iguais ao que fomos até aqui. Nunca podemos abrandar, num Mundial qualquer adversário é muito perigoso - finalizou Fernando Santos.

Portugal, agora, aguarda a definição do segundo colocado do grupo do Brasil para conhecer o seu adversário nas oitavas de finais. O duelo está marcado para a próxima segunda-feira, às 16h, no estádio 974.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.