Fernando Henrique brilha, e Santo André vence o RB Bragantino

Goleiro defende pênalti aos 40 minutos do segundo tempo. Resultado livra time do ABC do rebaixamento e o mantém com melhor campanha do Paulistão. Ronaldo é o autor do gol

O Santo André venceu o RB Bragantino por 1 a 0 neste domingo, no Estádio Bruno José Daniel, em partida que encerrou a sétima rodada do Campeonato Paulista. O centroavante Ronaldo fez o gol, mas o destaque da partida foi Fernando Henrique. O goleiro revelado pelo Fluminense fez grandes defesas, incluindo a do pênalti cobrado por Ytalo aos 40 minutos do segundo tempo.

Com esse resultado, a equipe do ABC se mantém na primeira colocação do Grupo B, com 18 pontos. Ela tem, aliás, a melhor campanha do Estadual. Além disso, livrou-se matematicamente de ser rebaixada à Série A2, pois Oeste tem quatro pontos ganhos, Botafogo-SP tem cinco e Ferroviária, seis. Há dois confrontos entre elas nas cinco rodadas restantes da primeira fase: Ferroviária x Botafogo-SP, no próximo domingo, e Oeste x Botafogo-SP, no dia 15 de março.

Já o RB Bragantino está mantido na terceira colocação do Grupo D, com os mesmos oito pontos do Corinthians, mas fora da zona de classificação para as quartas de final porque tem menor saldo de gols (2 a 0).

Na oitava rodada, o Santo André visitará o Corinthians no Itaquerão, na Quarta-Feira de Cinzas, às 21h30, enquanto o RB Bragantino receberá o Ituano no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, na próxima sexta-feira, também às 21h30.

— Peguei o pênalti, mas o trabalho é de todos. Rapaziada está de parabéns, represento eles e graças a Deus conseguiu ajudar, mas isso é mérito de todos. Vamos devagar, primeiro objetivo foi alcançado, que era não cair. Agora, é ter tranquilidade e fazer o jogo a jogo. Cada jogo é uma final — disse Fernando Henrique ao canal "Sportv".

Em atuação que fez lembrar o tempo em que ajudou o Fluminense a conquistar os títulos da Copa do Brasil de 2007 e do Campeonato Brasileiro de 2010, o goleiro, de 36 anos, fez outros dois milagres na etapa final: em chutes de Ytalo, o mesmo do pênalti, aos seis minutos, e de Claudinho, aos 42.

O gol da partida foi marcado aos 23 minutos do primeiro tempo, quando o lateral-direito Ricardo Luz cruzou rasteiro, e Ronaldo bateu cruzado, sem chance de defesa para o goleiro Júlio César.