Lance Felipe Melo vê injustiça em expulsão contra o Grêmio e diz: 'Homem chora'

Felipe Melo vê injustiça em expulsão contra o Grêmio e diz: 'Homem chora'

Volante foi às lágrimas ao levar o segundo amarelo durante o segundo tempo, na vitória do Palmeiras sobre o Grêmio por 1 a 0, pelas quartas de final da Libertadores

Volante foi às lágrimas ao levar o segundo amarelo durante o segundo tempo, na vitória do Palmeiras sobre o Grêmio por 1 a 0, pelas quartas de final da Libertadores

Lance

Lance

Lance

Apelidado de 'pitbull' pela grande entrega mostrada dentro de campo durante a carreira, nesta terça-feira, Felipe Melo chorou. O volante foi às lágrimas ao receber o segundo amarelo e ser expulso aos 31 minutos do segundo tempo, na vitória do Palmeiras por 1 a 0 sobre o Grêmio, no jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores.

Na zona mista após o duelo, à 'Fox Sports', o jogador apontou excesso de rigor do árbitro ao aplicar os cartões e explicou o sentimento que o fez desabar imediatamente após a expulsão.

- É complicado, vínhamos fazendo um bom jogo. Sabemos do potencial do Grêmio, é uma equipe muito forte, em alguns momentos nos fez sofrer. Deixar a equipe com menos um é complicado. No meu modo de ver, ele foi muito rigoroso nos dois cartões. No segundo, principalmente. Quando a torcida canta "Libertadores, minha obsessão", ela passa isso para os jogadores, queremos muito vencer a competição. Homem chora, homem chora. Quando deixamos a equipe com um a menos, ficamos tristes - desabafou Melo.

Com a expulsão, o carioca de 36 anos não enfrenta o Tricolor gaúcho na partida de volta, em São Paulo, na próxima terça-feira. Fora do confronto que decide quem avança às semifinais do torneio continental, Felipe Melo contou o que ameniza a sua decepção:

- Para ser sincero, o que ameniza minha dor é ver o lance depois e entender que não é para amarelo. Você vai ver lances mais ríspidos em que não houve cartão amarelo. Eu achei injusto. Fizemos um grande jogo diante de uma grande equipe, mas pesinhos no chão. Temos que tirar como exemplo o que aconteceu na Copa do Brasil. Vamos treinar porque do mesmo jeito que vencemos aqui, ele podem vencer lá, e não queremos que isso aconteça.

Pelo mata-mata nacional, o Palmeiras venceu o Internacional por 1 a 0 dentro de casa, mas sofreu o revés pelo mesmo placar em Porto Alegre - e acabou eliminado nos pênaltis.

Para superar o rival do Colorado pela Libertadores, o Alviverde poderá empatar por qualquer placar, no jogo de volta. Uma derrota por 1 a 0 levará a disputa da vaga aos pênaltis. Se perder por 2 a 0 ou por derrota simples, desde que o Grêmio faça um gol a mais, a vaga fica com os gaúchos.