Federer: 'Tudo é muito incerto agora'

Suíço dá entrevista e afirma estar de férias e que irá ver médicos

Lance
Lance

Lance

Lance

Em uma entrevista ao jornal alemão Blick, Roger Federer revelou sua insatisfação com os problemas no joelho, mas também seu desejo de se recuperar e seguir sua carreira. Ele terá encontro com médicos.

O suíço revelou que não vem treinando e deu uma parada pela lesão: "Meu joelho está funcionando, estou de férias agora, mas é verdade que há muito tempo não faço nada por causa do joelho. Depois de Wimbledon, tive que parar de fazer qualquer atividade devido ao problema. Esta semana vou me encontrar com meus médicos e o resto da minha equipe para ver como está a situação, o que exatamente está acontecendo e como podemos seguir em frente. No momento está tudo meio incerto", disse o suíço que é dúvida para o US Open, que começa dia 30.

“A diferença é que agora você precisa de mais tempo para tudo. Anos atrás, se por exemplo minhas costas estivessem travadas ou eu sentisse dores, sabia que em dois dias tudo estaria consertado e eu poderia voltar a treinar como de costume. Hoje esses prazos podem ir até duas semanas. Tem que ter mais paciência com a dor que está sofrendo, consigo mesmo e com a volta à quadra. Ao mesmo tempo, diria também que a alegria se multiplica a cada passo alcançado. Antes eu achava que muitas vitórias em torneios eram garantidas, hoje você nunca sabe o que está por trás delas. "

Federer comentou sobre suas adaptações aos 40 anos completados no último dia 8: "Tem que se adaptar, não tem outra opção, sempre foi assim na minha carreira. Os fatores mudaram: o grau de consciência, os sucessos, as experiências, minha identidade, agora sou apenas um menino quieto que leva as coisas com senso de humor. Estou sempre procurando ver o lado bom das coisas e, se não for bom no momento, sei que vai melhorar com o tempo ou pode ser muito pior. Estou bem, minha família é saudável, acabei de fazer 40 anos e continuo ativa. Quem teria pensado tal coisa? Não eu, claro. Estou totalmente em paz comigo mesmo, não tenho dúvidas de que ainda haverá muitas coisas bonitas pela frente ”.

Federer disse que deu uma festa para celebrar os 40 anos, cantou no karaoke e que até dançou, mas com ninguém vendo para evitar vexame: "Foi uma grande coisa, é sempre fácil passar um tempo com a família, com os filhos, com a Mirka e com os meus pais. Comemoramos o aniversário com amigos, até me animei com o karaokê, mesmo sendo incrivelmente ruim. Achei que poderia cantar essas músicas muito melhor, mas não. Onde você sempre pode me encontrar é na pista de dança, de preferência quando não tem gente, é claro, então eles não gravam seus movimentos e depois colocam na internet. No dia seguinte foi bom acordar de manhã e sentir que tudo continuava igual, essa sensação me aliviou. No passado, eu costumava olhar para pessoas na casa dos 40 anos e elas pareciam muito velhas para mim; agora, de repente, eu também sou um deles ”.

Últimas