Lance Federer revela qual tipo de jogador o faria virar técnico

Federer revela qual tipo de jogador o faria virar técnico

Apenas um jovem suíço faria Federer vir ao mundo como treinador

Lance
Lance

Lance

Lance

Em Tóquio, no Japão, onde deu clínica para crianças, Roger Federer revelou o que o faria entrar no circuito como treinador. E comentou como vê os tenistas hoje em dia na ATP.

"Com os meus quatro filhos na escola e tudo o que acontecendo, não me vejo treinando nesta altura. Mas nunca digo nunca. Se aparecer um jovem suíço precisando de apoio ou de conselhos, vou fazê-lo com muito gosto", disse Federer que se aposentou no fim de setembro durante a Laver Cup.

Sobre o circuito, ele comentou: "Agora vejo que os jogadores estão tentando ficar o máximo de tempo no circuito. O que aconteceu é que os tenistas perceberam que às vezes é melhor parar. Você pode estar três, seis meses ou um ano livre e depois voltar. Às vezes há que descansar. É muito complicado estar no circuito sempre viajando, treinando e com muitos fusos horários. Ninguém pode dizer que está cansado porque isso faz com que o adversário cresça e você parece debilitado. É por isso que jogadores terminam as suas carreiras com problemas mentais porque temos sempre de nos mostrar fortes. Mas não somos máquinas.

"Tenho um pouco de medo de fazer outros desportos depois de me retirar. Há que esperar uns meses e ver como vai evoluindo. Agora é tempo de viajar. Estamos sempre planejando férias em família e quero que estas sejam realmente divertidas. Gostaria de levar os meus filhos a África. Antes, as férias tinham de ser sempre relaxantes, mas agora acho que podemos ter mais aventuras".

Últimas