Lance Federer dá aula no retorno aos Slams e vence em Roland Garros

Federer dá aula no retorno aos Slams e vence em Roland Garros

Foram 487 dias longe dos principais torneios do mundo

Lance
Lance

Lance

Lance

Após 487 dias sem disputar uma partida de Grand Slam, Roger Federer marcou nesta segunda-feira seu retorno para vencer na estreia de Roland Garros. O suíço deu uma aula no uzbeque Denis Istomin, 203º colocado e que veio do qualifying.

Federer, atual oitavo do mundo, marcou 3 sets a 0 contra o qualifier com parciais de 6/2 6/4 6/3 após 1h33min de duração.

O suíço não jogava em um Slam desde o Australian Open de 2020 quando caiu na semifinal. Ele passou por duas cirurgias no joelho e retornou em março desse ano vencendo um jogo em Doha, no Qatar, e caindo na estreia no piso lento em Genebra, na Suíça.

Esta é sua 1244ª vitória na carreira, 363ª em Grand Slams onde tem maior número de títulos ao lado de Rafael Nadal com 20. Em Paris ele possui um título, em 2009.

Seu adversário sai do jogo entre o ex-top 3, o croata Marin Cilic, atual 47º, o qual venceu nove de dez jogos, dois em finais de Slams em Wimbledon 2017 e no Australian Open em 2018.

O jogo

Federer entrou no jogo com a quinta marcha enquanto que Istomin saiu com duas duplas-faltas e saque quebrado na quadra Philippe Chatrier. O suíço abriu vantagem e tornou a quebrar no sétimo game fechando por 6/2 em 22 minutos.

No segundo set bastou uma quebra, logo no começo, para fechar por 6/4. No terceiro uma quebra para fazer 4 a 2 e uma nova no nono game para definir a tranquila vitória em partida com algumas jogadas e brilho e apoio do público reduzido em Paris.

Foram 48 bolas vencedoras contra apenas 20 erros de Federer no encontro, o oitavo entre os dois. Ele segue invicto.

Últimas