Lance Federer brilha, bate Cilic e vai à 3ª rodada em Roland Garros

Federer brilha, bate Cilic e vai à 3ª rodada em Roland Garros

Suíço encara alemão Koepfer em busca das oitavas

Lance
Lance

Lance

Lance

Em seu primeiro grande desafio em Roland Garros, Roger Federer, número oito do mundo, garantiu vaga na terceira rodada nesta quinta-feira, segundo Grand Slam da temporada e seu primeiro Major desde o Australian Open em janeiro de 2020.

O natural da Basileia superou o ex-top 3 e atual 47º colocado, o croata Marin Cilic, por 3 sets a 1 com parciais de 6/2 2/6 7/6 (7/4) 6/2 após 2h34min de duração na quadra Philipp Chatrier, a principal do Aberto da França.

Este foi o 11º jogo entre os dois e a 10ª vitória do suíço que o derrotou nas finais de Wimbledon em 2017 e do Australian Open em 2017 e só perdeu no US Open de 2014.

Esta é a terceira vitória de Federer desde o retorno após mais de um ano ausente por duas cirurgias no joelho. Aos 39 anos ele venceu um jogo no torneio de Doha, noc Qatar, em março, caiu na estreia em Genebra, na Suíça, e pela primeira vez vence dois jogos em um mesmo torneio.

Ele vai encarar na terceira fase o alemão Dominik Koepfer, 59º colocado, que bateu o cabeça de chave 32, o americano Taylor Fritz, em quatro sets.

Esta é sua vitória número 1245 na carreira, a 364ª em Grand Slams e 225ª no piso de saibro.

O jogo

Federer se viu com break-point contra logo cedo, jogou a isca para Cilic morder com slice no meio da quadra. Saslvou a chance e quebrou duas vezes seguidas abrindo 5/1 e fechando rapidamente no saque por 6/2.

O suíço teve chances no começo do segundo set, não converteu e pagou caro. Cilic elevou o nível, quebrou e colocou mais pressão no jogo de Roger. Teve chances de ampliar o placar, mas Federer confirmou e ficou firme no quarto game. A nova quebra veio no oitavo game e Cilic fechou em 6/2.

O terceiro set viu Federer quebrar e abrir 3 a 1, mas Cilic foi buscar, virou para 4 a 3. A parcial caminhou com os saques fazendo valer sua força com os tenistas cada um levando violação de tempo, uma advertência. No tie-break, Federer abriu vantagem após dupla-falta do croata. Roger não desperdiçou, aplicou grande direita e finalizou com um ace por 7/6 (7/4).

A vantagem no placar deu conforto e Federer quebrou no quarto game, abriu 4 a 1 com rapidez e fechou com nova quebra decretando números finais e abrindo aquele sorriso.

Foram 44 winners e 27 erros de Federer. Cilic aplicou 43 vencedoras e errou 44.

Últimas