Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

F1: Planos sobre retorno do GP da África do Sul são engavetados

Seria a primeira volta da categoria ao continente desde 1993

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

Na busca pela dominância de correr em todos os continentes, a Fórmula 1 mirou seus olhos para o continente africano, no entanto, a volta para a região deve ser adiada. Devido a aproximação política entre África do Sul e Rússia, já que pela questão da guerra envolvendo o país e a Ucrânia a categoria cortou laços contratuais, resolveram engavetar os planos até, no mínimo, 2025. O local era um dos únicos que faltavam na lista.

No último ano, o CEO da F1, Stefano Domenicali, realizou reuniões com a direção do circuito. Os planos da organização era uma vaga para 2024, porém havia uma campanha para o retorno em 2023, antes do cancelamento do GP da China e da Emilia Romagna. Com o problema das negociações, o GP da Bélgica é o grande favorito para se manter no calendário até o próximo ano.

- Há áreas no mundo que querem receber a F1, e uma que queremos dar sequência é o continente africano. Somos um campeonato mundial e essa é uma área que não estamos- Disse Stefano Domenicali

Um dos maiores defensores da volta à localidade é o piloto britânico Lewis Hamilton. Durante o GP de Miami do último mês, ele declarou:

- Pessoalmente, creio que seja a direção que a F1 deveria seguir. Estou aqui há anos, assim como muitos outros. Gosto das mudanças que estamos vendo e é emocionante ir a diferentes partes do mundo, diferentes circuitos - disse.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.