Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Ex-técnico detona passado 'festeiro' de Ronaldo e diz que vestiário do Real Madrid cheirava a álcool

Ex-treinador diz que brasileiro tinha problemas com a balança nos Merengues

Lance

Lance|Do R7


Lance
Ronaldo quando atuava pelo Real Madrid (AFP)

O italiano Fabio Capello, ex-técnico do Real Madrid, não poupou críticas a Ronaldo ao falar sobre seu trabalho no clube merengue, entre 2006 e 2007. Agora aposentado, aos 77 anos, o ex-treinador contou que o brasileiro tinha problemas com a balança e que influenciava negativamente o vestiário com "festas".

- Em fevereiro de 2007, resolvi demitir Ronaldo. Ele era uma pessoa que gostava de festa e envolvia o grupo em saídas com ele. Um dia, Van Nistelrooy veio e me disse: 'Senhor, aqui o vestiário cheirava a álcool'. E era verdade. Ronaldo pesava 94 quilos naquele ano. Na Coreia, na Copa do Mundo de 2002, ele pesava 82. Eu falei para ele emagrecer. Ele chegou a 92,5 quilos - contou o ex-treinador em palestra na Itália.

+ Transforme sua paixão pelo futebol em profissão. Descubra o caminho com o curso Gestor de Futebol!

Capello contou ainda que aconselhou Silvio Berlusconi, ex-dono do Milan, a não contratar Ronaldo. Segundo o ex-treinador, o brasileiro estava "sempre rodeado de mulheres".

Publicidade

- Berlusconi me ligou um dia para pedir conselhos sobre uma hipotética compra de Ronaldo. O aconselhei a não fazer isso, dizendo-lhe que ele era festeiro e que só pensava em estar rodeado de mulheres. Ele me disse: 'Tudo bem, obrigado Fábio'. No dia seguinte, Ronaldo assinou pelo Milan. Ele não prestou atenção em mim - disse.

A relação entre Ronaldo e Capello não parece mesmo das melhores. Em 2015, em entrevista à Folha de S.Paulo, o Fenômeno afirmou que o treinador já estava ultrapassado quando chegou ao Real Madrid.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.