Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Ex-jogador que matou ex-namorada de forma cruel é condenado à prisão perpétua

Ex-atleta assassinou ex-namorada em 2022

Lance|

Lance
Lance Lance (Lance)

O ex-jogador italiano Giovanni Padovani recebeu sua condenação após assassinar sua ex-namorada. Julgado na Itália, responderá em prisão perpétua.

O crime aconteceu em 2022. Padovani assassinou a modelo Alessandra Matteuzzi com golpes de taco de beisebol e banco de ferro, além de tê-la agredido com socos e chutes também. Na época, ele atuava pelo Sancataldese, da quarta divisão italiana.

Segundo informações do jornal "Gazetta Dello Sport", o crime foi motivado por premeditação, assédio, motivo fútil e vínculo afetivo.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Publicidade

Na época, a defesa de Padovani tentou alegar que o ex-jogador não estava consciente dos seus atos no momento do ocorrido. Ele ainda foi condenado a pagar uma indenização para a família da modelo. Aproximadamente 600 mil reais (equivalente a 100 mil euros) foram destinados à irmã e mãe dela, enquanto 60 mil reais (equivalente a dez mil euros) foram destinados aos dois netos, além de 30 mil reais (equivalente a cinco mil euros) para as outras partes envolvidas.

A morte da modelo aconteceu na região de Bolonha, no norte da Itália.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.