Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Ex-Inter e Seleção se torna o estrangeiro que mais atuou por clube da Bulgária

Geferson igualou o marfinense Ibrahima Gueye com 160 partidas com a camisa do CSKA Sofia

Lance|

Lance
Lance Lance

Ao entrar na partida contra o Levski Sofia, vitória por 2 a 0, na última rodada do Campeonato Búlgaro, no último dia 7, o lateral-esquerdo Geferson colocou o seu nome definitivamente na história do CSKA Sofia, clube da capital da Bulgária. O camisa 3 chegou aos 160 jogos com a camisa rubra, se tornando o estrangeiro que mais atuou pela mais tradicional equipe do país do Leste Europeu.

Geferson empatou na primeira colocação com Ibrahima Gueye, da Costa do Marfim, que jogou nos entre 2001 e 2006 no CSKA Sofia. O brasileiro está há seis temporadas no futebol búlgaro, tendo recebido neste ano o passaporte do país, o que o dá direito a ser convocado pela seleção da Bulgária.

- Um feito enorme e que estará para sempre marcado na minha carreira. Quando cheguei em Sofia, em 2018, numa imaginei que jogaria por 160 jogos com a camisa do CSKA Sofia e me tornaria o estrangeiro com mais partidas. Isso é reflexo de um trabalho feito com excelência dentro e fora do campo, meu profissionalismo e a forma que acreditei nos valores do CSKA e, também, como eles acreditaram em mim e em meu futebol - disse Geferson.

- Aqui pude me desenvolver ainda mais como profissional e vivenciei novas experiências dentro de campo. Pude jogar um pouco mais avançado, como volante e tive bom desempenho nesta função, ampliando ainda mais as minhas ferramentas dentro de campo. Encontrei um CSKA que buscava se reerguer e retornar a ser uma potência no país e, hoje, vejo que ele hoje é temido e respeitado novamente por seus adversários - destacou o baiano de Itapuã.

Publicidade

NO CSKA Sofia, Geferson conquistou o título da Copa da Bulgária em 2021 e foi quatro vezes vice-campeão do Campeonato Búlgaro. O lateral-esquerdo conquistou 94 vitórias com a camisa rubra, empatou 50 confrontos e saiu derrotado em 16 jogos. O ala anotou três gols e deu 12 assistências no período.

A marcante partida contra o Levski Sofia também teve mais um emotivo significado para Geferson. O duelo foi o último confronto do brasileiro com a camisa do CSKA Sofia. O vínculo contratual do atleta se encerra no final desta temporada europeia e Geferson optará por rumar para um novo caminho em sua carreira.

- Sinto que construí uma história linda no CSKA, mas é o momento de buscar novos desafios para a minha carreira. Tenho 29 anos e ainda muita gasolina no tanque. Agora, é refletir sobre a última temporada, ponderar sobre as oportunidades que estão batendo na porta e, junto aos meus empresários, definir o próximo passo para a minha carreira - finalizou Geferson.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.