Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Ex-árbitro brasileiro revela ter recusado oferta em jogo: 'Tentaram me comprar'

Comentarista de arbitragem contou situação durante participação em podcast

Lance

Lance|Do R7

O ex-árbitro Carlos Eugênio Simon contou uma história curiosa vivida em um jogo na Arábia Saudita. No podcast 'Benja Me Mucho', o brasileiro revelou que tentaram oferecer uma suíte presidencial a ele em um jogo no país, para participar de um 'esquema'. Questionado por Benjamin Back, o comentarista de arbitragem afirmou nunca ter recebido proposta de suborno em dinheiro.

- Nunca (recebi proposta em dinheiro). Fui apitar um jogo das Eliminatórias da Copa, em Jeddah, e quando chegamos no hotel, tinha uma suíte para cada um, o que é norma da Fifa. Mas o meu estava em uma suíte presidencial. Aí tinha um sheik lá na recepção, e o tradutor ia e voltava nele toda hora pra conversar. Eu disse que não ia ficar, não tinha necessidade daquilo - começou.

- Passaram alguns anos, eu estava na Federação Gaúcha e tinha um cara lá que era preparador físico, que estava em um time da Arábia Saudita naquela época. Aí ele me perguntou se eu tinha apitado aquele jogo, que terminou em 1 a 1. Ele disse que tentaram me comprar com aquela suíte. Era para me botar em um esquema. Eu nunca dei chance para o azar - completou Simon.

Também no podcast, Simon assumiu, pela primeira vez, que errou em um lance capital da final da Copa do Brasil de 2002, entre Corinthians e Brasiliense. O comentarista de arbitragem da ESPN admitiu que falhou ao não dar falta de Gil, do Alvinegro, em um zagueiro da equipe do Distrito Federal. O time paulista se sagrou campeão do torneio ao final dos dois jogos da decisão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.