Lance Everton Ribeiro na Copa do Mundo: coroação de um dos jogadores mais vitoriosos do futebol brasileiro atual

Everton Ribeiro na Copa do Mundo: coroação de um dos jogadores mais vitoriosos do futebol brasileiro atual

Por Cruzeiro e Flamengo, Everton Ribeiro fez história no futebol brasileiro neste século, e terá a oportunidade de defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Qatar

Lance
  • Lance | por Lance


Convocado por Tite mesmo em momentos nos quais era questionado no Flamengo, Everton Ribeiro figura na lista final da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo do Qatar, que terá início em 20 de novembro. A presença é a coroação de uma volta por cima dada pelo meia, que termina 2022 entre os jogadores mais vitoriosos do futebol nacional.

No ciclo da Copa do Mundo de 2022, Everton Ribeiro somou oito convocações, sendo mais acionado por Tite nos últimos dois anos. Desde 2020, o meia fez 15 jogos, com três gols e uma assistência. Mesmo quando esteve em baixa no Flamengo - como durante a passagem de Paulo Sousa -, o camisa 7 seguiu em alta na Seleção.

Peru x Brasil - Everton Ribeiro

Peru x Brasil - Everton Ribeiro

Lance

Everton Ribeiro em ação pela Seleção Brasileira (Lucas Figueiredo/CBF)

Entre os oito meias testados por Tite ao longo do ciclo, Everton Ribeiro só ficou atrás de Lucas Paquetá (16) e Philippe Coutinho (14) em número de convocações. Renato Augusto (3), Andreas Pereira, Claudinho, Felipe Anderson e Rafinha Alcântara (1 cada) vêm atrás.

TÍTULO ATRÁS DE TÍTULO NO FUTEBOL NACIONAL

Revelado pelo Corinthians, Everton Ribeiro chegou ao Cruzeiro em 2013, após passagem de destaque pelo Coritiba. Pela Raposa, conquistou os Brasileiros de 2013 e 2014. Depois, foi ao Al Ahli, dos Emirados Árabes, e se tornou reforço do Flamengo em 2017.

No Rubro-Negro, já são mais dois Brasileiros (2019 e 2020), duas Libertadores (2019 e 2022), uma Copa do Brasil (2022), duas Supercopas (2020 e 2021) e uma Recopa Sul-Americana (2020).

Nesse período, ainda somam-se três Cariocas pelo Flamengo, dois Paranaenses pelo Coritiba e um Mineiro pelo Cruzeiro - além da Série B do Brasileirão pelo Corinthians, em 2008 -, somando 17 títulos.

Últimas