Lance 'Eu sou contra esse tipo de protesto', diz Edílson Capetinha após torcedores do São Paulo protestarem

'Eu sou contra esse tipo de protesto', diz Edílson Capetinha após torcedores do São Paulo protestarem

Ex-jogador disse que esses torcedores apenas 'tumultuam o ambiente'

Lance
Lance

Lance

Lance

Após alguns torcedores do São Paulo irem ao Centro de Treinamento do clube protestar contra os resultados recentes do time, o ex-jogador e comentarista Edílson se posicionou contra a postura destes torcedores durante o programa "Donos da Bola". Para o ex-atleta, esse tipo de cobrança é inaceitável.

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2020 e simule os resultados

- Eu sou contra esse tipo de protesto. Ninguém vai no trabalho de uma pessoa comum reclamar e acusar se alguém está trabalhando certo ou errado. Esses caras vão para frente do CT para tumultuar o ambiente. Eu acho errado. Não gosto disso. Como ex-jogador profissional, eu defendo a minha classe. Jogar mal é normal. São seres humanos. Eu não aceito esse tipo de cobrança - explicou Edílson.

- Eu tomei pressão em todos os times que passei. Fiquei um dia cinco horas dentro do Pacaembú ouvindo de um monte de torcedores do Corinthians. Sabe o que eu fiz? Fiquei quietinho e ouvi. Eu prefiro ser um covarde vivo do que um herói morto. Falei para eles: vocês têm razão. Eu preciso emagrecer. Estou errado - questionou Edílson.

​A próxima partida do Corinthians no Brasileirão será contra o Bragantino, na segunda.

Últimas