Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Estados Unidos dominam e vencem Vietnã com facilidade pela Copa do Mundo Feminina

Sophia Smith marcou dois gols e deu uma assistência na vitória das americanas

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

A seleção dos Estados Unidos estreou justificando o porquê de ser uma das favoritas à conquista da Copa do Mundo feminina. Na noite desta sexta-feira, 21 (tarde de sábado no Eden Park), as americanas venceram o Vietnã por 3 a 0 na Nova Zelândia. A ponta-esquerda Sophia Smith marcou dois na primeira etapa e deu um passe para Lindsey Horan fechar o marcador na metade final.

+ Confira as informações e notícias da Copa do Mundo feminina

Com a vitória, as americanas largaram na frente do duríssimo grupo E, que também conta com as fortes seleções de Holanda e Portugal. O Vietnã, por outro lado, amarga a lanterna da chave momentaneamente.

+ Torça pela nossa seleção feminina com camisas a partir de R$29,90

Publicidade

Veja os cinco lances mais importantes do encontro

!SEM DEMORA! Aos 13 minutos, o time dos EUA inaugurou o marcador. A camisa 10 da equipe, Lindsey Horan, apareceu quase na linha de zaga para receber e achou um passe pelo meio, cortando a linha defensiva vietnamita. Alex Morgan, num lindo trabalho de referência, ajeitou de letra na frente para Sophia Smith, que dominou de perna direita e fuzilou com a canhota entre as pernas da goleira Thị Kim Thanh, abrindo o placar no Eden Park.

Publicidade

!CHANCE DESPERDIÇADA! Faltando seis minutos para o fim da primeira etapa, Emily Fox acionou Trinity Rodman no corredor direito. A camisa 20 cruzou para Alex Morgan, que não conseguiu o espaço para finalizar e fez a devolução. Rodman encarou a marcação e foi derrubada na área por Hoang Thi Loan. O VAR entrou em ação e recomendou a revisão, e a árbitra Bouchra Karboubi marcou o pênalti. Morgan foi para a bola e bateu de esquerda, mas a goleira Thanh deixou o joelho quase no chão e salvou a cobrança.

!MAIS UM DA JOVEM! Ainda na primeira etapa, nos minutos adicionais, Naomi Girma fez cruzamento para a área, a goleira Thanh saiu de soco e afastou parcialmente. Porém, enquanto ainda voltava para o gol, viu Sophia Smith pegar o rebote e bater mascado de esquerda. Alex Morgan e Julie Ertz fizeram o corta-luz, e a bola passou entre as pernas da arqueira, aumentando o placar para 2 a 0.

Publicidade

!DESENCANTOU! Aos 31 do segundo tempo, Julie Ertz fez lançamento buscando Sophia Smith pela direita. A bola parecia controlada por Chuong Thị Kieu, mas a camisa 11, em tarde inspirada, tomou a frente da jogada e tocou para trás, superando a saída da goleira adversária. Lindsey Horan, que já havia desperdiçado boas oportunidades, teve frieza para dominar e, com o gol aberto, bater firme, de direita, aumentando a vantagem.

!POR POUCO! Oito minutos depois do terceiro gol, os EUA quase ampliaram. Em jogada rápida de meio, Sophia Smith novamente apareceu para limpar a marcação e soltar um passe açucarado. Desta vez, para Rose Lavelle, que soltou uma bomba de perna direita. A bola explodiu no travessão e quicou centímetros à frente da linha, por pouco não entrando para o quarto gol estadunidense.

Como foi o primeiro tempo?

Como já era de se esperar, os Estados Unidos dominaram as ações na primeira parte. Os números no intervalo mostravam muito bem isso: foram 16 finalizações ao todo na metade inicial para a equipe americana, contra nenhuma do Vietnã. A pressão nos dez minutos iniciais esbarrou na goleira Thanh, mas o fato de o gol ter saído logo aos 13 minutos diminuiu a ansiedade, e o controle foi ainda maior posteriormente. Sophia Smith se destacou, com dois gols, além de um ótimo trabalho de pivô de Alex Morgan, que poderia também ter deixado o seu, caso cobrasse o pênalti com mais frieza.

E a segunda etapa?

Com o 2 a 0 no placar, as americanas continuaram dominando o jogo. O Vietnã não mostrou força física para atacar, perdendo quase todas as bolas no último terço e seguindo sem finalizar. Seria injusto se as americanas terminassem o jogo sem balançar a rede novamente, o que viria a acontecer em nova jogada, partindo dos pés de Sophia Smith. A jovem de 22 anos mostrou personalidade e inteligência para ganhar da marcação, antecipar a saída da arqueira oponente e deixar Lindsey Horan com gol livre. Domínio justificado com gols e atuação consistente na estreia das favoritas ao título.

Como ficou a situação das seleções?

No grupo E, os Estados Unidos estão na liderança, com três pontos, enquanto o Vietnã, por já ter jogado, ficou na lanterna, com zero. Portugal e Holanda completam uma chave enjoada e se enfrentarão na madrugada de domingo (4h30 no horário de Brasília) para definir como ficará o grupo ao fim da primeira rodada.

FICHA TÉCNICA

Estados Unidos 3 x 0 Vietnã

Data e horário: 21 de julho de 2023, às 22h (horário de Brasília)

Local: Eden Park, em Auckland (NZE)

Arbitragem: Bouchra Karboubi (árbitra), Fatiha Jermoumi e Soukaina Hamdi (auxiliares), Ivana Martincic (quarta árbitra)

Público: 41.107 pessoas

Cartões amarelos: Lindsey Horan (EUA); Huynh Nhu (VIE)

Gols: Sophia Smith, 13'/1T e 52'/1T; Lindsey Horan, 31'/2T (EUA)

ESTADOS UNIDOS: Alyssa Naeher; Emily Fox (Sofia Huerta), Julie Ertz, Naomi Girma e Crystal Dunn (Kelley O'Hara); Savannah DeMelo (Rose Lavelle), Andi Sullivan e Lindsey Horan; Trinity Rodman (Alyssa Thompson), Sophia Smith e Alex Morgan (Megan Rapinoe). Treinador: Vlatko Andonovski

VIETNÃ: Thi Kim Thanh; Thi Thu Thao, Thi Thu Thuong, Le Thi Diem My, Tran Thi Thu e Hoang Thi Loan; Tran Thi Hai Linh, Thai Thi Thao, Nguyen Thi Bich Thuy e Nguyen Thi Tuyet Dung; Huynh Nhu. Treinadora: Mai Duc Chung

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.