Netinho garante a 1ª vaga olímpica do Brasil em Tóquio no taekwondo

Brasileiro, medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos, avançou para a final da categoria até 68kg no qualificatório realizado na Costa Rica

Netinho é esperança de medalha do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio

Netinho é esperança de medalha do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio

Lance

O brasileiro Netinho Marques, da categoria até 68kg, é o primeiro nome do país garantido em nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 no taekwondo. Nesta quarta-feira, ele avançou para final do qualificatório da modalidade, que acontece em Heredia, na Costa Rica. A decisão acontece logo mais.

A conquista veio após triunfo de virada sobre o canadense Andrew Park por 30 a 19, na semifinal. Antes, Netinho havia batido o paraguaio Carlos Gimenez, por 30 a 6, na estreia, e o uruguaio Frederico Gonzalez, por 22 a 6, nas quartas de final. O título será decidido contra o vencedor do duelo entre o dominicano Bernardo Pie e o chileno Ignacio Morales.

A meta do Brasil é classificar mais três atletas aos Jogos de Tóquio. Nesta quinta-feira, lutam Talisca Reis (até 49kg), Milena Titoneli (até 67kg) e Ícaro Miguel (até 80kg). O evento é a única chance para o país se garantir no Japão, uma vez que, pelo ranking, os atletas não conseguiram nenhuma vaga.

Em 2019, os brasileiros tiveram um ano de destaque na modalidade. Milena faturou o ouro no Pan de Lima e o bronze no Mundial. Netinho também levou o ouro no Peru, enquanto Talisca ficou com a prata na ocasião. Ícaro garantiu a prata tanto no Pan quanto no Mundial.

O taekwondo garantiu uma das medalhas do Brasil nos Jogos Rio-2016, com o bronze de Maicon Andrade (87kg). O atleta, no entanto, ficou fora da delegação do Pré-Olímpico por decisão da CBTKd e não irá a Tóquio.

Veja quem é a 1ª surfista do Brasil garantida nas Olimpíadas de Tóquio