Esportes Olímpicos Britânico se desculpa por guardar medalha: 'Me senti um fracassado'

Britânico se desculpa por guardar medalha: 'Me senti um fracassado'

Benjamin Whittaker optou por não colocar a prata no pescoço após a derrota no boxe para o cubano Arlen Lopez na final

Lance
Whittaker esteve no pódio, mas sem a medalha de prata que conquistou

Whittaker esteve no pódio, mas sem a medalha de prata que conquistou

Lance

O britânico Benjamin Whittaker se desculpou por ter guardado, e não colocado no pescoço, durante a cerimônia, a medalha de prata conquistada na categoria meio-pesado (até 81kg) do boxe, nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O pugilista da Grã-Bretanha vinha recebendo críticas nas redes sociais e se mostrou arrependido da atitude. Ele havia perdido a luta final para o cubano Arlen Lopez por decisão dos juízes.

"Eu estava lutando por todo mundo em casa e me senti um fracassado. No momento, eu devia ter colocado essa bela medalha de prata ao redor do pescoço e sorrido porque isso não é só por mim, é pelo meu país. Mesmo quando eu jogo Fifa com meus amigos e perco, não falo com eles por algumas horas - sempre fui assim desde que era criança - então por favor, aceitem que não estava tentando ser desrespeitoso com ninguém", disse Whittaker, segundo o jornal britânico "The Mirror".

Britânico Benjamin Whittaker guarda a medalha no bolso

Britânico Benjamin Whittaker guarda a medalha no bolso

Luis ROBAYO/AFP 04.08.21

Destacando não ter problemas com a decisão final dos juízes (quatro dos cinco deram vitória para Arlen Lopez), Whittaker elogiou o cubano, que chegou ao seu segundo ouro olímpico (foi campeão dos médios na Rio 2016), o vendo como uma referência no esporte.

"Ele foi muito melhor do que eu pensava. Ele agora é duas vezes medalhista de ouro olímpico, o que diz tudo. Lembro de assistir a ele em 2014 ou 2015, quando eu ainda lutava em eventos menores locais, e nunca achei que teria a chance de enfrentá-lo, o que mostra o quão longe cheguei. É muito, muito estranho como ídolos viram rivais. Eu não diria que fiquei espantado com ele, mas realmente o respeitei e espero que um dia possa enfrentá-lo de novo e ter a chance de corrigir esse erro", afirmou.

"Eu não estava tentando tirar o brilho do momento do Arlen, mas me magoou tanto e eu me senti tão envergonhado. Vou olhar para trás mais tarde e pensar, 'O que eu estava fazendo?' Quando eu olhar para trás daqui a alguns anos, provavelmente vai parecer como uma grande conquista, mas eu estava tão chateado que não consegui aproveitar", completou Whittaker, se desculpando.

Do acidente assustador ao bronze: Sky Brown impressiona em Tóquio

Últimas