Lance 'Espero estar predestinado para este momento', diz Claudinho sobre jogar pela Seleção masculina na Olimpíada

'Espero estar predestinado para este momento', diz Claudinho sobre jogar pela Seleção masculina na Olimpíada

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, meia diz que se encaixou bem à equipe comandada por André Jardine e exalta qualidade do grupo que está em Tóquio

Lance
Lance

Lance

Lance

A busca pela perseverança marca o momento de Claudinho na Seleção olímpica masculina. Na contagem regressiva para a estreia da equipe, que será nesta quinta-feira (22), contra a Alemanha, o meia falou, em entrevista coletiva nesta terça-feira, sobre o quanto foi paciente para superar os percalços de sua trajetória acidentada no futebol até se firmar no RB Bragantino e chegar à lista final de André Jardine para a Olimpíada de Tóquio.

> Veja quem está no grupo da Seleção masculina em Tóquio!

- Sou um cara muito paciente, muito tranquilo, muito cabeça. Tento escutar quem está do meu lado, filtrar as coisas do meu lado - e ressaltou:

- Espero estar predestinado para este momento - completou, ao abordar sobre a disputa dos Jogos Olímpicos.

> A lista vai aumentar em Tóquio! Lembre 'veteranos' que disputaram Olimpíadas pela Seleção

O jogador de 24 anos considerou que seu desempenho nos amistosos com Cabo Verde e a Sérvia, prestes à preparação da equipe de André Jardine chegar ao fim, foram fundamentais para que ele ganhasse seu espaço.

- Acho que nesses amistosos eu consegui ir muito bem, encaixar bem na equipe e acho que encaixou como o Jardine queria também. Por ter sido um destaque do Campeonato Brasileiro e estar em crescimento desde a Série B, eu cheguei até aqui. Espero continuar a ajudar meus companheiros da melhor forma - declarou.


Aos seus olhos, seu bom entrosamento na Seleção olímpica tem como trunfo o estilo de jogo semelhante ao do RB Bragantino.

- O estilo de jogo é parecido com o que jogo no meu clube, no Bragantino, com quatro atacantes. Isso facilita um pouco para se adaptar, não só para mim, mas para todos os jogadores.- e frisou:

- Temos excelentes jogadores aqui, cada um em sua posição entende muito rápido o que o professor Jardine quer. Nosso ponto forte é que cada jogador é o destaque na sua equipe, na liga em que está jogando, nossa equipe vai muito forte para esse campeonato - complementou.

O Brasil vai a campo nesta quinta-feira (22), às 8h30, contra a Alemanha.

Últimas