Lance Esgrima: Depois de frustração olímpica, Nathalie Moellhausen começa ano com ‘nova identidade’

Esgrima: Depois de frustração olímpica, Nathalie Moellhausen começa ano com ‘nova identidade’

Campeã mundial em 2019, veterana de 36 anos lembra  derrota prematura nos Jogos Olímpicos de 2021 e conta que vive uma nova fase: ‘Mestre de mim mesma

Lance
Lance

Lance

Lance

Campeã mundial de esgrima em 2019, a ítalo-brasileira Nathalie Moellhausen começa 2022 empolgada mesmo após cair de forma prematura nos Jogos Olímpicos de 2020, que só foram disputados no ano passado por conta da pandemia da Covid-19.

Principal atleta do Brasil na história e na atualidade, ela perdeu os Jogos para a italiana Rossella Fiamingo: 10 a 9, em embate decidido na prioridade. Agora, ela quer usar fato para se renovar e se aprimorar.

- É uma nova identidade. Teve um antes, um durante e um depois da Olimpíada para mim, muitas coisas estão mudando, foram seis meses de renovação após os Jogos. Depois da derrota, está nascendo uma nova Nathalie, seguramente uma Nathalie mais livre, uma Nathalie que consegue expressar exatamente aquilo que eu sou. Eu estou nesta fase em que estou me tornando mestre de mim mesma. Depois de todas as experiências, depois de 30 anos, eu quero a autonomia, quero experimentar e ver como é a nova Nathalie, ver como ela joga na pista - comentou a veterana de 36 anos.

Após os Jogos Olímpicos, ela ficou quatro meses longe das competições, fato que foi encerrado em novembro do ano passado. Ela desembarcou em Talin, na Estônia, para disputar a Copa do Mundo de Espada, torneio em que alcançou o quadro de 32. A participação de Nathalie no evento fugiu à programação inicial que era a de voltar aos campeonatos só em 2022, com foco em Paris-2024. A volta antecipada foi positiva para a esgrimista, que saiu de Talin mais motivada a continuar.

- Na Estônia, eu tive apenas três classes de esgrima e uma de combate desde os Jogos Olímpicos. Eu treinei sozinha. Chegar na pista, ver que as minhas pernas estão lá e que tudo o que fiz deu um bom resultado, me deu uma grande motivação para o futuro, para continuar a treinar - lembrou.

Últimas