Lance Erica Sena leva punição e fica sem medalha na marcha atlética

Erica Sena leva punição e fica sem medalha na marcha atlética

Brasileira tinha o bronze praticamente garantido, mas foi penalizada e terminou em 11º

Lance
  • Lance | por Lance

Lance

Lance

Lance

O Brasil ficou muito perto de uma medalha na marcha atlética feminina 20km nesta sexta-feira, mas Erica Sena sofreu uma punição na reta final, no momento em que garantia o bronze, e encerrou a prova em 11º lugar.

A italiana Antonella Palmisano faturou o ouro, com o tempo de 1h29m12s. A prata ficou com a colombiana Sandra Lorena Arenas, com 1h29min37, e o bronze, com a chinesa Hong Liu, com 1h29min57.

Quarta colocada na Rio-2016, a pernambucana esteve a 400m de conquistar uma inédita medalha para o Brasil na marcha, mas uma punição de dois minutos na volta final a deixou fora do pódio. Ela completou em 1h31min39s.

O motivo da punição foi um movimento irregular da brasileira. Na marcha atlética, os atletas são fiscalizados para não dobrarem o joelho, nem cometerem qualquer outro movimento que não seja o ato de marchar.

A atleta deixou a disputa aos prantos após ter realizado uma prova de alto nível. Ela inclusive liderou a corrida nos primeiros 2km. As chinesas, que eram favoritas ao pódio, passaram à frente, mas foram surpreendidas pelo bom desepenho de Palmisano e Arenas.

Erica reassumiu na reta final, mas logo caiu para quinto nos quilômetros seguintes, e a disputa ganhou contornos emocionantes no final. Como já havia levado duas advertências antes, Erica foi obrigada a fazer a parada de dois minutos e não conseguiu completar no top 10.

Confira o calendário e o quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos

Últimas