Lance Entre virtudes de antes e erros no clássico: qual o verdadeiro Vasco?

Entre virtudes de antes e erros no clássico: qual o verdadeiro Vasco?

Diante do Flamengo, Vasco teve atuação abaixo do que já foi feito no ano. Últimas semanas mostraram virtudes, mas contra adversários frágeis

vasco, vitudes, defeitos

Yago Pikachu, esteve abaixo do que se espera para o jogador no Cruz-Maltino

Yago Pikachu, esteve abaixo do que se espera para o jogador no Cruz-Maltino

Rafael Ribeiro/Vasco

O momento para o Vasco ter sua pior partida do ano foi o mais inadequado possível. Contra um rival de ataque poderoso, a zaga esteve mal. Foram poucos os acertos técnicos e o domínio sofrido foi amplo pelo Flamengo. A diferença foi gritante. Logo, fica a pergunta: o melhor do Cruz-Maltino no ano já foi visto ou ainda está por vir?

O técnico Alberto Valentim admitiu, na entrevista coletiva pós-jogo, que a atuação foi ruim. Contudo, fez questão de lembrar que a equipe sabe jogar melhor do que apresentou neste domingo.

- Quando você joga uma decisão contra time de muita qualidade técnica individual, tem que fazer uma partida quase que perfeita: força na marcação e qualidade com a bola. E não fizemos isso - detectou, antes de completar:

- Para a próxima partida, temos que lembrar que nós podemos jogar muito mais. Isso é que vai nos dar força para buscar o 1 a 0 e depois o outro gol  - finalizou o treinador.

A tendência é uma reação técnica ser vista já contra o Santos, no meio da semana. De todo modo, é preciso lembrar que o Campeonato Brasileiro bate à porta e, no Estadual que está se encerrando, a maioria dos times pequenos são de Série D nacional ou nem isso.

Nos clássicos, que fique a ressalva: foram duas vitórias sobre o Fluminense, empate com o cambaleante Botafogo e, antes da derrota deste domingo, duas igualdades com um Flamengo recheado de reservas. A realidade pode ser mais dura do que se gostaria e que se mostrava. Qual é o verdadeiro Vasco de 2019?

Relembre os grandes momentos do Vasco da Gama no Maracanã