Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Entre reclamações e cacoetes, a visão do primeiro contato de Zubeldía com a torcida do São Paulo

Treinador mostrou intensidade e gostar de pegar no pé da arbitragem durante o empate sem gols no clássico contra o Palmeiras

Lance

Lance|Do R7

Se o São Paulo estava procurando um técnico impulsivo, encontrou no argentino Luis Zubeldía. Ainda que tenha ficado mais tranquilo no segundo tempo, muito por conta do cartão amarelo recebido na etapa inicial, o novo professor são-paulino se mostrou vibrante no primeiro contato que teve com o público no Morumbis.

➡️A boa do Lance! Betting: vamos dobrar seu primeiro depósito, até R$200! Basta abrir sua conta!

Demorou 17 minutos para que Zubeldía recebesse a primeira advertência do árbitro Wilton Pereira Sampaio. Pouco tempo depois, o técnico do São Paulo foi amarelado por excesso de reclamação em um lance onde entendeu que o dono do apito inverteu a marcação de uma falta.

Publicidade

➡️ Siga o Lance! São Paulo no WhatsApp e acompanhe todas as notícias do Tricolor

A partir dali, as reclamações foram revezadas com os seus auxiliares, que também foram advertidos pelo árbitro e a sua equipe.

Publicidade

Mexer nos longos cabelos também é um cacoete do treinador do São Paulo, só não deu para decifrar ainda se é um sinal de que está gostando ou discordando da postura da equipe. Zubeldía também demonstrou costume de sentar e levantar a no banco de reservas em fração de segundos. Quando saía da poltrona, geralmente acenava para os seus jogadores ou, como foi praxe, acenando negativamente contra alguma marcação da arbitragem.

➡️ Veja tabela com datas e horários dos jogos do Brasileirão

Publicidade

Na beira do gramado, Zubeldía aproveitou algumas paradas para lances de bolas paradas ou atendimento médico para conversas com os atletas do São Paulo. No momento de substituir alguns jogadores, Zubeldía não mostrou algo diferente e manteve as rápidas orientações, como é natural na maioria dos comandantes.

De toda forma, o jeito intenso de Luis Zubeldía, tende a cativar o torcedor do São Paulo. Inclusive, lembra muito os principais e mais polêmicos capítulos de Abel Ferreira quando chegou ao Palmeiras. Hoje, o português é idolatrado pelas bandas do Palestra Itália. Assim, se combinado com bons resultados, rapidamente o treinador argentino transformará os gritos ainda tímidos ao seu nome no momento do anúncio da escalação, por grande aclamação da torcida do São Paulo no Morumbis.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.