Lance Entre críticas e muitos títulos, Anderson Barros completa quatro anos de Palmeiras

Entre críticas e muitos títulos, Anderson Barros completa quatro anos de Palmeiras

Carioca já é o diretor de futebol com mais titulos na história do clube

Lance

No dia 11 de dezembro de 2019, o Palmeiras dava um ponto final na trajetória de Alexandre Mattos no clube e para o seu lugar, o Verdão apostava no carioca Anderson Barros.

➡️ Tudo sobre o Verdão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Palmeiras

Com um perfil muito mais 'low-profile' do que o de seu antecessor, Barros chegou quietinho e logo em seu primeiro ano de Palmeiras, faturou a tríplice coroa, sendo peça chave na mudança de filosofia de um clube que deixou de ser comprador para se tornar muito mais formador.

Ao longo de seus quatro anos como diretor de futebol do Verdão, Barros conquistou o coração de Abel Ferreira, e mesmo com a troca de presidentes (Galiotte para Leila Pereira), Anderson conseguiu manter o seu emprego e apesar da pressão sofrida pela torcida nesta temporada, deve seguir no comando do futebol alviverde para 2024.

Com uma grande importância na gestão do vestiário e na manutenção de diversos titulares que foram essenciais nos últimos quatro anos, Barros consegue se manter como um dos homens fortes do Maior Campeão do Brasil, apesar da dificuldade demonstrada no mercado.

Durante o segundo semestre de 2023, com muita pressão da principal torcida organizada do Verdão, a permanência de Anderson Barros no clube ficou ameaçada, mas a confirmação do título brasileiro deve fazer com que Leila Pereira não mexa em absolutamente nada na estrutura do futebol do Verdão.

Caso fique no alviverde imponente até o final da próxima temporada, Barros pode até ultrapassar o seu antecessor, Alexandre Mattos, que ficou no comando do futebol do Verdão por quase 5 anos, entre 2015 e 2019.

Últimas