Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Enner Valencia é vítima de racismo após eliminação do Internacional na Libertadores

O atacante ficou marcado por ter perdido oportunidades de gol importantes na partida; o Colorado foi eliminado pelo Fluminense

Lance

Lance|Do R7


Após o apito final, Enner Valencia lamentou a eliminação
Enner Valencia foi contratado pelo Inter durante a última janela de transferências (Foto: Bruno Ravazzolli )

Enner Valencia foi um dos personagens centrais da semifinal da Copa Libertadores entre o Internacional e o Fluminense. O jogador perdeu boas oportunidades e, após o fim do jogo, foi alvo de insultos racistas nas redes sociais.

Além dos atos criminosos, parte da torcida do Colorado comentou em publicações no perfil pessoal do atacante e desprezou sua atuação na partida contra o time de Fernando Diniz.

Nas redes sociais, o atacante do Internacional foi chamado de "preto imundo" e "macaco" em algumas postagens após o jogo de quarta-feira (4). Além disso, o perfil do jogador também foi alvo de duras críticas.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Parte da torcida do Colorado chamou o equatoriano de "pipoqueiro". Um internauta escreveu no perfil do jogador: "Enner foi de amado para odiado em Porto Alegre".

Logo após o apito final, o equatoriano, de 32 anos, caiu no gramado e lamentou a derrota da equipe. Eliminado, ele se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais durante a noite e foi considerado um dos "vilões" da eliminação colorada da Libertadores.

Vivendo auge na carreira, Diniz pode conquistar primeiro grande título

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.