Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Endocrinologista esportiva aponta fatores que auxiliam na rotina alimentar e treinos dos atletas

Bioimpedância contribui na prevenção de doenças e, também, em diversos diagnósticos

Lance|

Lance
Lance Lance

Seja para os atletas de alta performance ou amadores, desenvolver e manter uma vida saudável e equilibrada pode ser um grande desafio. Conhecer a própria composição corporal é um caminho para estruturar as mudanças necessárias em prol da saúde. Por isso, é importante se atentar à bioimpedância, uma análise capaz de informar o percentual de massa muscular, gordura no organismo e outros indicadores.

Essencial para o planejamento de um programa de treinamentos, a bioimpedância oferece diferentes utilidades. Os resultados, ao serem interpretados por médicos, podem contribuir por exemplo, para a prevenção de doenças cardiovasculares, pois auxiliam no diagnóstico de excesso de gordura.

- A balança em casa oferecerá o acesso aos dados da composição corporal do atleta com maior frequência - explicou a endocrinologista Paula Rosado. E completou:

- Ele também conseguirá ajustar, de uma forma mais efetiva e minuciosa, a sua rotina alimentar.

Publicidade

A médica ainda observa que os dados coletados pela balança devem ser levados ao médico, como um endocrinologista ou nutricionista, durante uma consulta. Dessa forma, o profissional de saúde tem acesso a mais informações ao ajustar a dieta e a suplementação do esportista.

COMO A ANÁLISE É FEITA?

Publicidade

A bioimpedância pode ser realizada de duas maneiras: com uso de corrente elétrica, dentro do consultório, ou com uma balança específica. Para o segundo método, a Relaxmedic desenvolveu a Balança de Bioimpedância Digital e a Balança BodyScan Pro, que permitem acompanhar as informações do corpo pelo celular, através de um relatório completo no aplicativo para celular.

Compatível com iPhone e Android, o aplicativo oferece as seguintes informações no smartphone, coletadas da balança via Bluetooth: peso, peso corporal ideal, nível de obesidade, tipo de corpo, Índice de Massa Corporal (IMC), gordura corporal, massa livre de gordura, massa muscular esquelética, massa muscular, massa óssea, gordura subcutânea, gordura visceral, taxa muscular, massa gorda, massa proteica, água corporal, proteína, Taxa Metabólica Basal (TMB) e idade metabólica.

Publicidade

O app também sincroniza os dados com outras plataformas de saúde, como o Google Fit, Fitbit, Samsung Health e Apple Health (Saúde).

O aparelho é simples. Para usá-lo, o paciente se posiciona em cima da balança e, de maneira segura, a corrente elétrica passa pelos pés e pelas mãos. A balança possui oito eletrodos de metal - quatro nos pés para apurar os dados dos membros inferiores e quatro na barra de mãos, que medem a parte superior do corpo - , que passam uma dupla corrente elétrica por todo o corpo para oferecer resultados com mais precisão.

- Quando subimos na balança estamos pesando músculos, ossos, pele, órgãos, água, fluídos e gordura. Por isso, nem sempre quando os ponteiros ou números da balança indicam que emagrecemos significa que perdemos gordura corporal. Com a bioimpedância podemos acompanhar a evolução da composição corporal. Dessa forma podemos fazer uma análise mais completa e buscar resultados mais eficientes sobre nosso peso e dieta alimentar - diz Renato Carvalho, sócio da Relaxmedic.

Por meio da análise é possível observar o volume de gordura ou de músculos. Com a orientação médica, o paciente entende se os parâmetros estão adequados à idade e ao seu gênero. Para os atletas, o ganho pode ser ainda maior, pois esses dados ajudam a definir os exercícios que serão realizados, com uma série específica desenvolvida pelo profissional de saúde, de acordo com as necessidades do esportista.

Cabe ressaltar que não é preciso realizar a análise todos os dias para estruturar um bom histórico de acompanhamento.

- Não é preciso usar a balança diariamente. Mas pode usá-la uma vez por semana ou de quinze em quinze dias, por exemplo - explica a médica Paula Rosado.

QUAIS OS BENEFÍCIOS PARA OS ATLETAS?

A bioimpedância permite criar um quadro bem detalhado, no qual é possível acompanhar a perda de gordura, o ganho muscular e até mesmo localizar as regiões com mais mobilização de gordura no corpo. Os resultados possibilitam ao atleta, seja ele de alta performance ou amador, entender junto com o médico que o orienta se os dados obtidos estão de acordo com as necessidades e, de maneira assertiva, traçar um plano alimentar e de exercícios.

A Balança de Bioimpedância Digital e a Balança BodyScan Pro contam com um sistema inteligente, desligamento automático e indicação de baixa potência e sobrecarga de peso – com limite de peso de até 180 kg. Disponibilizando os dados por meio de um relatório que cabe na palma da mão, pelo app, o usuário do equipamento consegue visualizar os gráficos comparativos de medições recentes, semanal, mensal ou anual para análise, impressão ou compartilhamento com o médico.

DICAS PARA TER MAIS PRECISÃO NAS INFORMAÇÕES

- Fazer a medição sempre no mesmo período: Pela manhã, em jejum e descalço;

- Ingerir o recomendado de água para o seu organismo;

- Certifique-se de que seus pés e a balança estejam secos e rente às placas de metal;

- A balança deve estar em uma superfície plana e dura, por ter sensores ultrassensíveis, qualquer desnível na superfície pode causar interferência na pesagem;

- Sempre limpar os sensores das mãos e dos pés antes de utilizar (com pano limpo e seco). Verificar também se pode haver alguma sujeira nos pés de apoio da balança.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.