Lance Empresa que agencia jogador do Botafogo-SP acusado de estupro rompe com o atleta

Empresa que agencia jogador do Botafogo-SP acusado de estupro rompe com o atleta

Denúncia também envolve outros dois jogadores do clube do interior de São Paulo

Lance
Lance

Lance

Lance

Três jogadores do Botafogo-SP são acusados por uma mulher de estupro no Rio de Janeiro. Um deles é João Diogo, atacante de 23 anos, que teve relações rompidas com a empresa que geria sua carreira após a revelação do ocorrido.


GALERIA
> Lembre clubes que passaram por sufocos devido a dívidas

A Dunkirk Sports é a empresa que assessorava o acusado. Ela emitiu comunicado oficial em suas redes sociais informando o rompimento entre as partes por entender que 'os fatos imputados ao referido jogador são contrários aos princípios da empresa'.

Além de João Diogo, outros dois atletas do Botafogo-SP também são apontados como participantes do crime: Dudu, atacante de 19 anos, e o também avançado Lucas Delgado, argentino de 27 anos.

O crime teria acontecido na última semana em um hotel na cidade do Rio de Janeiro, logo após o clube do interior paulista conquistar o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro. A informação inicial foi divulgada pela 'Folha de São Paulo'.

O LANCE! teve acesso ao boletim de ocorrências e soube dos detalhes do caso: clique aqui para conferir.

A reportagem também tentou contato com os acusados, mas até o momento não conseguiu.

CONFIRA ABAIXO A NOTA COMPLETA DA EMPRESA DUNKIRK SPORTS

A Dunkirk sports comunica que não gere mais a carreira esportiva do atleta João Delgado Jennings por entender que todos os fatos que estão sendo imputados ao referido jogador são contrários aos princípios da empresa.

Somos contrários a qualquer forma de violência, principalmente contra a mulher, desta forma, sem que se faça nenhum juízo de culpabilidade quanto aos fatos aguardaremos as investigações que estão sendo conduzidas pelas autoridades policiais.

Últimas