Lance Emocionado, Ferrero destaca luta de Alcaraz para vencer o US Open

Emocionado, Ferrero destaca luta de Alcaraz para vencer o US Open

Treinador concedeu emocionado entrevista a canal europeu

Lance
Lance

Lance

Lance

Minutos após ver seu pupilo, Carlos Alcaraz, conquistar seu primeiro título do Grand Slam no US Open, o ex-número 1 do mundo, Juan Carlos Ferrero, conversou com o ex-top 2 Alex Corretja numa entrevista não preparada para a Eurosports.

Ferrero cruzava a quadra Arthur Ashe quando correu para dar um abraço em Corretja que estava ao vivo e aproveitou para entrevistar o treinador de Alcaraz. Os dois ex-companheiros de Copa Davis, iniciaram com uma análise de Alcaraz na grande final.

"Eu achei que ele ia conseguir se soltar melhor no primeiro set, mas não conseguiu. No segundo, percebe-se que também sentiu um pouco de cansaço e no terceiro ele soube ir se mantendo, com detalhes de saque se colocou mais próximo da vitória desde aí. Se ele tivesse perdido ali (3º set) tudo poderia ter ficado mais complicado”, iniciou Ferrero.

Corretja comentou que Alcaraz pareceu estar 'perdido' em vários momentos da partida e o treinador concordou: "Eu tive a sensação de que ele tava lutando, que estava buscando o jogo. Em dado momento no segundo set, ele se manteve muito atrás, não conseguia impor jogadas, não aplicava bolas vencedoras, mas ao se manter lutando ele foi percebendo oq eu fazer".

Ferrero tornou-se número 1 do mundo também jogando nas quadras do US Open, após vencer a semifinal contra o local Andre Agassi em 2003, e foi questionado sobre como geriu essa pressão em seu pupilo: "Não é fácil, porque no fim das contas ele sabia pelo que estava jogando, mas eu sempre digo pra ele que ele tem de estar comprometido com o seu tênis, fazer o jogo dele e que isso é o mais importante. Pra mim, provavelmente, essa não será a última vez em que ele vai jogar por isso (Nº1), então, eu lhe disse que ele tinha de vir pro jogo e não duvidar em momento algum e que se jogasse no seu nível, passaria por tudo".

Últimas