Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Em nota, Cruzeiro confirma jogo na Arena do Jacaré, ataca América-MG e critica postura da CBF

Para o Cruzeiro, tanto o Coelho quanto a Confederação agiram incorretamente, ao impedir que a partida contra o Cuiabá fosse realizada...

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

Em concordância com a informação divulgada pela equipe Valinor Conteúdo, o Cruzeiro informou, nesta sexta-feira, 19 de maio, que a partida contra o Cuiabá, marcada para a próxima segunda-feira, dia 22, será na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas-MG. Além disso, o time celeste criticou as posturas de América-MG e Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que, de acordo com a Raposa, agiram incorretamente, ao impedirem que o jogo fosse realizado na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Acontece que, segundo o que foi divulgado em nota oficial, no dia 03 de maio, o Cruzeiro informou ao Coelho o desejo de mandar o jogo no estádio. Entretanto, somente no dia 17 de maio, já fora do prazo previsto pelo Regulamento Geral de Competições da CBF, o Coelho foi à entidade e disse que o palco não poderia receber o confronto, o que causou "estranheza" na diretoria celeste.

+ Todos os jogos do Brasileirão você encontra no Prime Video. Assine já e acompanhe o seu time do coração!

Ainda assim, a Raposa se assustou mais com o posicionamento da CBF que, segundo a nota, "acatou o pedido (do América-MG), mesmo fora de hora, e determinou que a partida entre Cruzeiro e Cuiabá não poderia ser realizada naquele estádio (Arena Independência)". "Não entendemos a razão pela qual a CBF não fez valer o seu poder superior e permitiu – a nosso ver – a adulteração da competição", completa o time mineiro.

Publicidade

Por fim, a Raposa convoca sua torcida para comparecer ao estádio. Foi disponibilizada uma carga de 15 mil bilhetes para a torcida celeste, que já estão sendo comercializados.

+ Confira a tabela do Brasileirão

Publicidade

Confira a nota do Cruzeiro, na íntegra:

"O Cruzeiro vem a público dar luz aos fatos que levaram à decisão de mandar a partida contra o Cuiabá – válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro 2023 – na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Publicidade

No dia 3 de maio, conforme estabelecido em contrato para uso da Arena Independência, comunicamos à administração do América-MG as datas de jogos que gostaríamos de mandar no estádio no mês de maio – incluindo o jogo do dia 22 de maio contra o Cuiabá. Comunicado este recebido sem objeções.

No dia 17 de maio, já fora do prazo limite de cinco dias úteis para o jogo (conforme determinado pelo Regulamento Geral de Competições da CBF), o América comunicou à CBF que não poderia receber a partida em seu estádio.

Nos causa muita estranheza que o América não somente ignore o contrato válido com o Cruzeiro pelo uso da Arena Independência, como também o Regulamento da CBF a respeito de mudança de jogos. Mas nos espanta mais ainda a conivência da CBF nesse processo. A entidade acatou o pedido, mesmo fora de hora, e determinou que a partida entre Cruzeiro e Cuiabá não poderia ser realizada naquele estádio.

Não entendemos a razão pela qual a CBF não fez valer o seu poder superior e permitiu – a nosso ver – a adulteração da competição.

Percebemos, sim, que o Cruzeiro grande e competitivo incomoda muita gente. E essa força ninguém tira de nós. Nossa Nação Azul estará presente e impulsionando o Cruzeiro em qualquer estádio de qualquer canto deste planeta.

Na Arena do Jacaré não será diferente. Teremos 15 mil ingressos disponíveis para esta batalha e praticaremos um preço reduzido para ver o estádio lotado apoiando do início ao fim o Cabuloso na busca por esses importantíssimos 3 pontos."

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.