Em jogo de seis gols, Goiás e Coritiba empatam na Serrinha

Após abrir dois gols de vantagem, o Coxa levou a virada, mas conseguiu o empate nos acréscimos

Lance

Lance

Lance

Em duelo eletrizante, Goiás e Coritiba empataram por 3 a 3. Com o resultado, o Verdão fica na lanterna, com 5 pontos. O Coxa é o 16º, com 8 pontos.

Na próxima rodada, o Goiás joga em casa diante do Internacional. O Coritiba faz clássico diante do Athletico, na Arena da Baixada.

O duelo

A etapa inicial foi agitada e comandada pelo Coritiba. Mesmo fora de casa, o time de Jorginho tomava a iniciativa e o gol parecia questão de tempo. Aos 12 minutos, Sassá aproveitou o cruzamento e ajeitou para Robson fuzilar, 1 a 0.

Melhor em campo, o Coxa ainda teve a chance de ampliar com Sassá, mas o centroavante mandou no poste. Na casa dos 36 minutos, Edilson e Tadeu se atrapalharam, a bola bateu em William Matheus e morreu dentro da rede, 2 a 0.

Na base da vontade o Goiás conseguiu diminuir. Após pênalti marcado pelo árbitro, Rafael Moura balançou a rede do Coxa, 2 a 1.

Antes mesmo do intervalo o Coritiba ficou com 10 em campo. Em lance infeliz, Rodolfo Filemon acertou o adversário e recebeu o cartão vermelho.

Na etapa final o panorama mudou. Em vantagem numérica, o Goiás se lançou ao ataque e apostava na bola aérea para pressionar. Em dois momentos, através de Bessa e David Duarte, o time da casa quase empatou.

Ao melhor estilo ataque contra defesa, o Goiás conseguiu empatar o jogo. No cruzamento de Keko, Jara completou e deixou tudo igual.

Empolgado pelo gol, na saída de bola o Verdão recuperou a bola e foi ao ataque. Sabino tentou cortar a descida do rival e jogou contra o próprio patrimônio, 3 a 2 e festa Goiânia.

Quando tudo parecia decidido, Rafael Vaz cortou uma cabeçada com a mão e o juiz deu pênalti. Na cobrança, Sabino se redimiu e deixou tudo igual, 3 a 3.