Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Em clima de Libertadores, Fluminense fez o Maracanã pulsar e se emocionar com Thiago Silva

Festa contou com músicas do passado e sinalizadores

Lance

Lance|Do R7

Novo reforço do Fluminense, Thiago Silva foi apresentado aos torcedores em um clima de muita euforia. Não era para menos, principalmente por se tratar de um ídolo e um jogador consagrado internacionalmente.

➡ Clique para assinar o Premiere por 30 dias grátis!

Assim que os portões do Maracanã se abriram para a imprensa, os fãs correram para buscar as primeiras fileiras das arquibancadas. Tudo para ver o Monstro de pertinho, fosse do campo, fosse do palco do show do Sorriso Maroto.

Apesar da concorrência de um dos grupos de pagode mais populares, Thiago Silva era a unanimidade para os mais de 55 mil presentes no maior estádio do Rio de Janeiro. E os fãs apareciam nas cadeiras com munhequeiras com o autógrafo do ídolo, mas também com papéis que faziam um formato de uma mão e o número três, que é o que o defensor irá vestir.

Publicidade

Enquanto o show musical não começava, os tricolores fizeram uma apresentação a parte. Além das músicas tradicionais em apoio ao time, as arquibancadas cantaram a música feita em homenagem ao defensor em sua primeira passagem, além dos gritos sobre o veterano ser o melhor zagueiro do Brasil.

A expectativa pelo retorno era tão alta que o Fluminense levou grandes atletas do elenco ao Maracanã, como Marcelo, Renato Augusto, Ganso, Cano, John Kennedy e outros. Esse respeito dos atletas dá a dimensão do que Thiago Silva representa dentro do novo clube.

Publicidade

Quando subiu ao palco, o defensor trocou um abraço muito carinhoso e emocionado com Marcelo, com quem dividiu por anos o vestiário da Seleção Brasileira. Não tinha como o torcedor não ir ao delírio com dois nomes gigantes do futebol mundial juntos e em casa.

O momento mais emotivo ficou por conta da presença do massagista Gerômino na entrega camisa para Thiago Silva vestir, o que foi um pedido do atleta. O jogador sempre valorizou os funcionários do Tricolor que atuam por trás das câmeras e não recebem os holofotes dos astros que entram em campo.

Mas emoção não faltou. Talvez a de chorar, mas o clima era de festa, era de arrepiar qualquer pessoa. Mais de 55 mil vozes fizeram o Maracanã tremer. Com os sinalizadores e músicas tradicionais, os tricolores fizeram um resgate há 16 anos. Mas visando novas glórias com o Monstro por perto.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.