Lance Em 'batismo' da equipe principal, Vasco é goleado pelo River Plate na Florida Tour

Em 'batismo' da equipe principal, Vasco é goleado pelo River Plate na Florida Tour

Com atuação ruim, Cruz-Maltino é envolvido facilmente pelos Millonarios, amarga derrota por 3 a 0 nesta terça-feira (17) e deixa certeza...

Lance
Lance

Lance

Lance

O Vasco deixou a sensação de que terá muito a ajustar para a temporada de 2023. Após um esboço de bom futebol, o Cruz-Maltino se deixou envolver com facilidade pelo River Plate e, mostrando velhos erros defensivos, amargou a derrota por 3 a 0 para os Millonarios nesta terça-feira (17), no "batismo" da equipe principal. Mammana, Miguel Borja e Beltrán fizeram os gols da equipe argentina, em partida no Explore Stadium válida pela Florida Tour.

+ MERCADO DA BOLA: veja as movimentações do seu time de coração


A equipe de Maurício Barbieri volta a campo neste sábado, às 21h (de Brasília), no confronto com o Inter Miami.

+ OS PRÓXIMOS JOGOS DO VASCO; DATAS, HORÁRIOS E ONDE ASSISTIR

MOMENTOS PROMISSORES DO VASCO

O Vasco apresentou uma postura incisiva no início de partida e não demorou a ter chances. Gabriel Pec avançou como quis, entrou na área e chutou, mas Armani esticou-se para defender. Em seguida, Puma Rodríguez abriu caminho pelo meio e bateu por cima. Pec alçou e Erick Marcus cabeceou por cima da meta do goleiro do River Plate. Pedro Raul e Nenê travavam disputas na área

RIVER PLATE CRESCE E ABRE VANTAGEM

Aos poucos, o River Plate reequilibrou as ações e foi encontrando atalhos em um Cruz-Maltino que deixava buracos. Alfonso, Nacho e Herrera deram calafrios à defesa. Alfonso cobrou falta com veneno e Alexander caiu para espalmar.

Com firmeza na troca de passes, os Millonarios saíram na frente por via aérea. Nacho Fernández cobrou falta na medida, Mammana subiu mais do que os zagueiros e estufou a rede aos 23. O gol aguçou os comandados de Martín Demichelis, que aproveitaram as brechas deixadas pelos lados e continuaram a cercar. Enquanto o Vasco esboçava uma reação com Nenê e Figueiredo, os argentinos ampliaram a vantagem.

Nacho Fernández aproveitou cochilo de Lucas Piton e lançou Solari. O camisa 16 serviu Borja, que completou para o fundo da rede aos 44.

TENTATIVAS DE LÁ E CÁ

O River Plate voltou do intervalo com a mesma segurança e tentou investidas com Solari e Borja. Do lado do Vasco, a aposta era em Nenê, só que o camisa 10 não estava inspirado. Aos poucos, a equipe argentina deixou espaços e os cruz-maltinos pressionaram mais.

Pedro Raul tentou de cabeça e não teve sucesso. Gradativamente, os treinadores foram mudando suas equipes. O estreante vascaíno Luca Orellano recebeu passe, só que concluiu mal. Pedro Raul ajeitou e Puma Rodríguez bateu rente à trave. O Vasco se atrapalhava em erros de passe e de finalização e o River Plate ia progredindo em campo.

RIVER DEFINE O PLACAR

Certeiro, o River Plate garantiu a goleada na reta final. Casco levou a melhor sobre Luca Orellano e serviu Beltrán. Coube a ele ajeitar com tranquilidade e estufar a rede de Alexander. Celebração do lado da equipe de Martín Demichelis e para os vascaínos, restou a certeza de que a equipe ainda vai ter muito, muito a evoluir.

FICHA TÉCNICA

RIVER PLATE 3 x 0 VASCO

Estádio: Orlando City Stadium, Orlando (EUA)
Data e hora: Terça-feira (17/01), às 21h30 (Brasília)
Árbitro: Jonathan Bilinski (EUA)
Auxiliares: Alberto Escovar (EUA) e Juan Casas (EUA)

Cartões amarelos: Nacho Fernández, Alfonso (RIV), Miranda, Lucas Piton, Zé Gabriel (VAS)

Gols: Mammana, 23/1T (1-0), Borja, 44/1T (2-0), Beltrán, 41/2T (3-0).

RIVER PLATE (Técnico: Martín Demichelis)

Armani; Andrés Herrera (Robert Rojas, 44/2T), Maidana, Mammana (González Pires, intervalo), Casco (Elias Gómez, 44/2T); Enzo Pérez (Zuculini, intervalo), Aliendro (Paradela, 19/2T), Nacho Fernández (Simón, 36/2T); Solari (Castro Ponce, 36/2T), Alfonso e Borja (Beltrán, 18/2T).

VASCO (Técnico: Maurício Barbieri)

Alexander; Puma Rodriguez, Miranda (Ulisses, 34/2T), Léo (Anderson Conceição, 34/2T) e Lucas Piton (Edimar, 34, 2T); Zé Gabriel, Figueiredo (Jair, 11/2T) e Nenê; Erick Marcus (Luca Orellano, 11/2T), Gabriel Pec (Eguinaldo, 22/2T) e Pedro Raul (Vinícius Paiva, 34/2T).

Últimas