Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Em alta com a diretoria, Mano Menezes acumula decepções no Internacional

Mano Menezes não embala no comando do Inter e aumenta a galeria de vexames

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

Contratado em abril de 2022, Mano Menezes ganhou a oportunidade de trabalhar pelo Internacional e recolocar o time e, de maneira conjunta, a sua carreira nos trilhos.

Apesar do vice-campeonato do Brasileirão, o Inter, que foi o principal perseguidor do Palmeiras, falhou em jogos decisivos na temporada onde faltou mais ‘apetite’ para pressionar o Verdão da Abel Ferreira.

Na Copa Sul-Americana, torneio que ganhou um destaque grande da comissão técnica, o time sonhou com voos mais altos e teve uma queda traumática.

Nas quartas de final, Mano Menezes viu o Melgar, clube pouco popular no futebol peruano, engrossar os duelos e sair com uma classificação em pleno Beira-Rio.

Publicidade

Decepções no estadual

De contrato renovado e confiança em alta, Mano Menezes impôs o estadual como uma nova meta. Na fase de classificação, o desempenho ficou abaixo do esperado e a segunda melhor campanha (7 pontos atrás do Grêmio) foi a consequência.

Publicidade

O gosto amargo da decepção ficou por conta do Gre-Nal. Na Arena do Grêmio, o Inter deu bobeira nos minutos finais e acumulou mais um revés para o maior rival.

Pressionados, a ‘obrigação’ era chegar a grande final, mas novamente deu tudo errado. No Beira-Rio, diante do Caxias, a bola não entrou e a disputa de pênaltis mais uma vez feriu o Inter com nova decepção.

Agora, fica a ferida aberta e a esperança que Mano Menezes possa entregar taças na Copa do Brasil, Libertadores ou Campeonato Brasileiro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.