Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Em 12 anos, Fortaleza deixa Série C e faz jogo mais importante de sua história na final da Copa Sul-Americana

Leão sofreu com muitos perrengues e risco de queda para a Série D

Lance

Lance|Do R7


Lance
Fortaleza faz jogo mais importante de sua história em busca de título da Sul-Americana (Foto: Matheus Amorim/FEC)

O Fortaleza está cada vez mais próximo de conquistar o título mais importante de sua história: a Copa Sul-Americana. O troféu pode representar uma virada de página na história do Leão, que sofreu demais na última década e convivendo muitos anos com a Série C.

Rebaixado da elite do futebol brasileiro em 2006, o Tricolor levou anos para ser administrado pela competente gestão de Marcelo Paz, que colocou a equipe no patamar de onde nunca deveria ter saído. Foram 13 anos longe da Série A, mas com quedas e sofrimentos que faziam o torcedor se encontrar com poucas expectativas em determinados períodos.

+ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Nesse período, o Leão do Pici sofreu demais, principalmente nos oito anos em que conviveu com a realidade da Série C, tendo lutado contra a queda para a Série D em 2011, mas batendo muitas vezes na trave para subir de divisão. E o torcedor precisou trabalhar sua paciência, embora tenha tido alívios pontuais com as conquistas de três Campeonatos Cearenses (2010, 2015 e 2016).

Publicidade

Logo após o acesso, o Fortaleza anunciou a contratação de Rogério Ceni para o cargo de técnico do clube em 2018. O comandante teria como objetivo levar o Laion à elite do futebol brasileiro, mas ninguém pensou que isso fosse acontecer da forma como aconteceu e de maneira tão rápida.

+ Fortaleza pode se tornar o maior clube do nordeste caso vença a Sul-Americana? Lance! compara com rivais

Publicidade

Na época, o comandante assumia seu segundo trabalho na carreira como treinador após um início ruim com o São Paulo, em que acabou sendo demitido. Presidente do Leão, Marcelo Paz transmitiu confiança ao jovem técnico e acreditou em um trabalho exitoso no longo prazo, e o resultado da aposta foi positivo.

Na Série B, o Fortaleza conquistou o título nacional com nove pontos de vantagem sobre o CSA, o que representou o primeiro título de Ceni como treinador. O comandante tornou-se um dos maiores nomes da história do Tricolor e construiu a base para que o Leão pudesse colher frutos no futuro.

Publicidade

Entre idas e vindas em 2019, Rogério Ceni conseguiu quebrar diversos tabus com o Fortaleza na Série A. O Laion havia conquistado uma vaga para a Sul-Americana 2020, o que representaria a primeira vez que o clube iria disputar uma competição continental em sua história. Além disso, a equipe encerrou sua campanha na 9ª colocação do Brasileirão, o que representou na época a melhor posição de um time nordestino no torneio.

+ Da Série C à final da Sul-Americana: entenda a ascensão do Fortaleza por meio das finanças

No um ano atípico por conta da pandemia da Covid-19, o treinador deixou o Tricolor no fim de 2020 para assumir o Flamengo, o que prejudicou a campanha do Fortaleza no Campeonato Brasileiro e que se viu livre de uma queda para a Série B por conta do critério de saldo de gols. Mas o clube investiu na contratação de um técnico até então desconhecido para dar continuidade a sua evolução. E assim chegou Juan Pablo Vojvoda.

Além da conquista do Campeonato Cearense, o argentino conseguiu superar Rogério Ceni com uma campanha brilhante no Brasileirão, em que o Fortaleza chegou na 4ª colocação em 2021 e conquistou uma vaga direta para a edição seguinte da Libertadores. E na maior competição de clubes da América do Sul, o Tricolor do Pici chegou às oitavas de final, o que é um feito histórico.

Com um trabalho de longo prazo sendo feito, mas com muita confiança nas ideias que estão sendo desenvolvidas, o Fortaleza chega na decisão da Sul-Americana e tem a chance de conquistar o maior título de sua história. Consolidado no cenário regional e nacional, o Leão busca dar mais um passo e transformar a América nas cores azul, vermelho e branco.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.