Lance Edmundo diz que Flamengo 'não pode ser refém' do Jorge Jesus na busca de um treinador para 2022

Edmundo diz que Flamengo 'não pode ser refém' do Jorge Jesus na busca de um treinador para 2022

No Jogo Aberto, Denílson concordou com Edmundo e destacou que o atraso pode atrapalhar a preparação para a próxima temporada

Lance
Lance

Lance

Lance

Comentarista do Grupo Bandeirantes, Edmundo analisou a busca do Flamengo por um treinador durante o 'Jogo Aberto' desta terça-feira, relembrou que Jorge Jesus fez um bom trabalho em 2019, mas ressaltou que isso não seria motivo para que os dirigentes rubro-negros sejam 'reféns' do português na busca de um novo comandante para 2022.

- O Jorge Jesus foi um sucesso absoluto, inquestionável, mas veio aqui para o Brasil e se ofereceu para Atlético e Vasco antes daquele trabalho inesquecível. Não existe só ele, gente. Ele retornou agora para o Benfica, tá na Champions, todo mundo feliz. O Flamengo não pode ser refém dele. Tem que seguir o seu caminho - disse ele.

Denílson concordou com Edmundo e destacou que o atraso pode atrapalhar a preparação para a próxima temporada e deu a entender que em caso de recusa, o treinador ainda pode ter alguma influência na escolha do novo nome.

- Precisa acelerar o processo para que o novo técnico participe do planejamento e processo de 2022. Não dá para esperar tanto. Já já os jogadores se reapresentam. E se o Jesus falar nesse cafezinho que o Flamengo tem que contratar o Joãozinho, o Flamengo vai atrás do Joãozinho - disse.

Últimas