Edílson abandona apelido de 'Capetinha' para evitar rejeição de evangélicos: 'Não querem me seguir'

Comentarista revelou curiosidade durante intervalo do 'Os Donos da Bola'

Lance

Lance

Lance

O ex-atacante Edílson foi um grande nome do futebol brasileiro na década de 90 e se tornou pentacampeão mundial em 2002. Conhecido por 'Capetinha', seu estilo dentro de campo justificava seu apelido. Entretanto, ele não quer mais essa alcunha.

Durante o intervalo do 'Os Donos da Bola' desta semana, o comentarista afirmou que mudou seu nome nas redes sociais para 'Edilson Jogador' por um motivo: rejeição de evangélicos.

- Edílson Jogador, Capetinha não. Os evangélicos não estão querendo me seguir por causa do 'Capetinha'. - afirmou.

Edílson se tornou comentarista da Band em 2019, quando assinou com a emissora para participar do programa 'Os Donos da Bola', do apresentador Neto.