Lance 'É claro que tenho vontade de jogar, mas estou aqui para agregar', diz Lucas Veríssimo sobre Seleção

'É claro que tenho vontade de jogar, mas estou aqui para agregar', diz Lucas Veríssimo sobre Seleção

Defensor diz, em entrevista divulgada nesta terça (31), que está empenhado em lutar por seu espaço na lista final de Tite e atribui a convocação ao bom desempenho no Santos

Lance
Lance

Lance

Lance

Uma das novidades da Seleção Brasileira, o zagueiro Lucas Veríssimo expôs seu otimismo de tentar mostrar serviço aos olhos de Tite. Em entrevista coletiva virtual divulgada pela CBF TV nesta terça-feira (30), o jogador de 26 anos contou o que projeta neste período de três jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

+ Veja a tabela das Eliminatórias da Copa do Mundo!

- Estou aqui realizando um sonho. É claro que tenho vontade de jogar, vestir a camisa do meu país, mas estou aqui para agregar, para ajudar, independente se for jogar ou não. Minha ideia é só absorver as coisas boas do Tite e dos outros atletas, pegar tudo de bom e ajudar no que for possível - disse.

O jogador de 26 anos falou sobre a contagem regressiva para a Copa do Mundo.

- Está próximo (o Mundial do Qatar). O chamado agora é muito bom para mostrar serviço, trabalho. Estou focado só em fazer meu melhor, assim posso conquistar meu espaço. As coisas vão fluindo naturalmente - declarou o jogador que tem concorrência com Diego Carlos e Rodrigo Caio.


O defensor contou o que acha que pesou em sua convocação.

- Acredito que vinha jogando no Santos em alto nível há uns bons anos. Neste ano a gente conseguiu chegar na final da Libertadores e, é claro, não foi só ali que teve o acompanhamento, esse acompanhamento já devia ter há um bom tempo. Por ser Libertadores, competição de um nível maior, acredito que pode ter ajudado sim nessa chamada, nessa aproximação de Lucas Veríssimo com a Seleção - declarou.

Lucas Veríssimo ainda destacou sua confiança por ter como companheiro neste período o veterano Miranda.

- É um cara que eu sempre acompanhei, na Inter de Milão, Atlético de Madrid, no São Paulo e também na seleção brasileira. É um cara que eu sempre acompanhei, admiro bastante, vou absorver tudo de bom de todos aqui, desde comissão até jogadores, e ajudar no que for possível - declarou.

O Brasil encara na quinta-feira (2) o Chile, em Santiago. Depois, duela com a Argentina no domingo (5) e o Peru, na próxima quinta-feira (9), ambos em solo brasileiro.

Últimas