Lance Dudu completa 400 jogos pelo Palmeiras: potencial de legado financeiro com o ídolo

Dudu completa 400 jogos pelo Palmeiras: potencial de legado financeiro com o ídolo

Jogador atinge a marca na partida desta quarta-feira, diante do América-MG

Lance
Lance

Lance

Lance

Além de o Palmeiras receber a taça do título de campeão do Brasileirão nesta quarta-feira, contra o América-MG, o Allianz Parque estará em festa por mais uma marca expressiva: o atacante Dudu chegará aos 400 jogos desde sua chegada, em janeiro de 2015.


> Veja a validade do contrato dos jogadores do elenco do Palmeiras
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

O camisa 7 é um dos maiores símbolos da nova geração de palmeirenses, fruto de uma relação que rendeu muitas taças, gols decisivos e uma identificação de idolatria com seus fãs.

Dudu já fez inúmeras ações voltadas para o sócio-torcedor Avanti logo em sua chegada, há sete anos. Pretendido por Corinthians e São Paulo naquela ocasião, a negociação acabou sofrendo uma reviravolta e ele acertou com o Verdão quando poucos esperavam.

De uns anos para cá, no entanto, muito em razão da pandemia, é verdade, as ações comerciais envolvendo o camisa 7 quase não aconteceram. Para alguns especialistas ligados a clubes de futebol e marketing esportivo, o momento deve ser de captação.

Bruno Maia, CEO da Feel The Match, lançou neste ano um produto oficial em que torcedores do Atlético-MG podem investir e serem donos dos direitos econômicos gerados pelo filme "Reinaldo, Rei do Galo". O modelo é inovador por oferecer um retorno financeiro real aos torcedores e fãs, já habituados a investir nas suas paixões, e deve ser levado para outros atletas e agremiações.

- Além do alcance que o Palmeiras tem com uma torcida imensa, o clube vive um momento muito rico pra geração de novas receitas, porque foi capaz de criar muitas novas histórias, seja pelas grandes rivalidades que cativou, jogos que venceu, a maneira que eventualmente perdeu, mas principalmente as memórias que criou em uma geração inteira. Esses últimos anos do Palmeiras vão render durante muito tempo e o clube tem tudo pra explorar isso bem - disse o executivo.

Já Renê Salviano, CEO da Heatmap, empresa de marketing esportivo, entende que mais do que promover as ações, o clube pode também saber por meio de dados quem são os verdadeiros fãs de seus ídolos.

- Dudu tem uma grande identificação com o clube, uma verdadeira história em momentos de títulos que engradecem a sua passagem pela instituição. Em dias atuais sabemos da importância de obter dados da torcida, jornada de consumo, e entender as relações de cada ídolo - afirmou Salviano, antes de completar:

- Quando falamos em monetização, uma grande força da instituição são os atletas da equipe profissional, mas cada um tem sua personalidade e é importante ouvi-los para criar qualquer propriedade: um copo exclusivo, um jantar VIP vendido por NFT, um jogo de futebol exclusivo para fãs, uma camisa personalizada. O atleta vai se engajar com um produto que ele tenha vontade de fazer e, claro, comunicar com quem é seu verdadeiro fã, pois isso pode facilitar a conexão - explicou o executivo, que já esteve no comando dos departamentos de marketing e comercial do Cruzeiro.

- O Dudu é um dos maiores jogadores da história do Palmeiras, e quando há um planejamento e um posicionamento estratégico de imagem bem feito, o clube naturalmente consegue se beneficiar disso. Não só o clube, o atleta também, e são benefícios em termos de imagem e monetariamente falando - complementou Fábio Wolff, sócio-diretor da Wollf Sports, empresa que cuida do gerenciamento da carreira e imagem do atacante palmeirense Endrick.

Últimas