Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Douglas Luiz antecipa dificuldades da Seleção Brasileira frente à Inglaterra 'Momentos diferentes'

Meio-campista do Aston Villa concedeu entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (21)

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Douglas Luiz em treino da Seleção Brasileira (Foto: Rafael Ribeiro / CBF) (Lance)

Douglas Luiz concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira (21), antes do amistoso da Seleção Brasileira contra a Inglaterra. Jogador do Aston Villa, da Premier League, o meio-campista falou sobre a oportunidade de jogar em Wembley e comparou os momentos das duas seleções, antecipando dificuldades.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

- Então, eu jogando aqui, falando minha opinião como jogador da Premier League. É uma liga muito forte, eles com certeza não vão querer perder. Acho que vai ser um grande espetaculo em Wembley, um estádio que não é qualquer jogador que pode jogar. Eu graças a Deus tive uma oportunidade de jogar lá em cinco anos, numa final de copa contra o Manchester City - comentou Douglas Luiz.

- A gente sabe a dificuldade do jogo, estamos tentando entender o trabalho do Dorival o mais rápido possível. São momento diferentes, a gente em reconstrução e a seleção da Inglaterra já com o grupo mais formado, mas a gente vai dar nosso melhor para vencer essa partida - completou o volante.

Publicidade

Sobre posicionamento, Douglas Luiz afirmou acreditar que Dorival irá manter um volante para cumprir a função de Casemiro, que foi cortado desta convocação por conta de lesão. O jogador analisou taticamente o trabalho do novo treinador.

- Tive uma conversa com ele, e acho que ele vai manter esse número 5, porque o Dorival é um cara que gosta muito desse jogo posicionado. Ele gosta muito de defender os 11 e atacar marcando. Então, acredito que ele vá deixar esse 5 ali mais posicionado, e aí não sei se vai jogar com dois volantes ou um "triângulo", com um 5 e dois 8. Isso vou ter um pouco mais de noção hoje - explicou.

Publicidade

Douglas também falou sobre ter sido ausência em convocações no ano passado, mesmo fazendo ótima temporada pelo Aston Villa. O meio-campista retornou à Seleção na última lista de 2023, e foi mantido por Dorival Júnior para esta Data Fifa.

- Cara, eu procuro sempre fazer meu melhor dentro de campo e isso refletir numa convocação. Mas eu fico tranquilo, como eu disse, a Seleção é recheada de meio-campistas muito bons, sempre está com uma qualidade muito alta. Procurei manter minha cabeça no lugar, falei comigo mesmo que meu momento ia chegar e me preparei o máximo. Agora chegou, se não iniciar uma partida, entrar em campo no segundo tempo e poder resolver, mudar a história de um jogo - afirmou Douglas.

Publicidade

O volante foi questionado sobre a convivência com companheiros cariocas, assim como ele, e relembrou momentos do futebol junto dos companheiros. Além disso, o meio-campista comentou sua trajetória até chegar à Premier League.

- Primeiramente, e sinto muito confortável de estar com o Paquetá, João, Bruno, André… são pessoas que eu consegui jogar contra e favor, na Seleção Sub-20 o Paquetá, principalmente. Então, a gente tem uma liberdade e acho que isso ajuda bastante na montagem do grupo ali. Sobre a dificuldade, é bem difícil sair da comunidade de onde eu saí. Hoje estar jogando a Premier League é algo inexplicável. Só eu e minha família passamos por isso. Estou muito feliz com o clube e agora o foco é aqui na Seleção.

Cria da base do Vasco da Gama, Douglas Luiz falou sobre a resenha com companheiros vascaínos, como Bruno Guimarães e Richarlison. O volante revelou, ainda, uma conversa que teve com Léo Jardim, goleiro do Cruz-Maltino que também está no grupo da Seleção.

- Cara, essa relação é muito boa. com o Richarlison e o Bruno. Consegui descobrir do Richarlison nas Olimpíadas, eu nem sabia. Sobre o Jardim, a primeira coisa quando ele chegou aqui (na Seleção) eu perguntei: o que vai acontecer esse ano? Vamos sofrer de novo? Ele falou que precisava de algumas contratações, mas que o Ramón Díaz é um excelente treinador, então creio que não vamos sofrer. Mas essa é a resenha, fico feliz de ter atletas do Vasco aqui.

➡️ CHANCE DUPLA! Aposte R$200 na Lance! Betting e ganhe R$350 se o Brasil empatar ou vencer a Inglaterra

Confira outras respostas de Douglas Luiz na entrevista coletiva desta quinta-feira (21), pela Seleção Brasileira:

- Fico muito feliz com essa concorrência que eu tenho, até porque cada vez mais exige a querer melhorar. O time exato ainda não sei, a gente vem aqui fazer nosso melhor e de tudo para ganhar minutos. Então, fico feliz com essa concorrência toda, mas é um dia após o outro. Continuar trabalhando para que tudo possa dar certo.

- Até o momento (Dorival) não (definiu o time titular). Está sendo um treinamento bastante mesclado. Acho que ele está querendo conhecer todos os jogadores. É a primeira convocação do Dorival, ele tá querendo ver quem ele pode confiar e querendo descobrir os 11. Então, não teve essa separação de titulares e reservas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.