Lance Dos gramados ao mercado financeiro, ex-jogadora vira especialista em investimentos e ajuda jovens atletas

Dos gramados ao mercado financeiro, ex-jogadora vira especialista em investimentos e ajuda jovens atletas

Geisa Lima, cria no Internacional, hoje ajuda jovens atletas a gerir seus patrimônios

Lance
Lance

Lance

Lance

Aos 38 anos, Geisa Lima se prepara para entrar em campo. Mas, nada do verde do gramado, a peleja agora é com os números do mercado financeiro. Cercada de telas de computador, onde acompanha o sobe desde dos papéis e das projeções das aplicações, a ex-jogadora de futebol, formada no Internacional-RS, é responsável por orientar atletas a gerir seus patrimônios.

Atuando na empresa Redoma Capital como agente autônoma de investimentos, certificada pela Fundação Getúlio Vargas, Geisa contou ao LANCE! como ajuda os atletas/clientes a controlar suas finanças, em um cenário global cada vez mais desafiador. Para quem se surpreendeu com a nova carreira, a ex-jogadora explica que não é bem uma novidade.

- Sempre fui interessada em mercado financeiro e investimentos, desde muito nova. Eu entrei no mundo financeiro depois de encerrar a minha carreira no futebol, então, eu vi uma boa oportunidade de unir estes dois mundos. Agora, eu posso continuar contribuindo, mas fora das quatro linhas. O fato de ser ex-atleta ajuda nessa nova função, muito pela resiliência que adquirimos ao longo nos anos, desde muito jovem temos de transpor muitos obstáculos - contou Geisa.

Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos resultados

O mercado financeiro está sempre sujeito à volatilidade, mas, com a pandemia, os desafios aumentaram, devido às incertezas da economia global. Entretanto, Geisa não perde a calma, tal qual uma cobradora de um pênalti decisivo.

- Apesar de toda a crise causada pela pandemia, o mercado financeiro apresentou opções interessantes. Eu enxergo uma transição na nossa economia através do mercado de capitais. Assim, é possível encontrar caminhos para gerar boas oportunidades. O meu trabalho na Redoma é com atendimento e captação de clientes. E tem sido um grande desafio trabalhar com os atletas. E eles, cada vez mais jovens, têm essa preocupação com o futuro, por isso, a responsabilidade é grande - finalizou Geisa Lima.

*Estagiário, sob supervisão de Ricardo Guimarães.

Últimas