Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Dorival explica escolhas e destaca protagonismo de Vini Jr na Seleção Brasileira

Brasil vai entrar em campo para dois amistosos antes da Copa América

Lance

Lance|Do R7

Dorival Jr justificou as escolhas dos nomes que foram convocados para a disputa de dois amistosos e da Copa América. Segundo o técnico da Seleção Brasileira, as decisões foram baseadas em questões técnicas. Confira todas as respostas da coletiva a seguir.

➡️ O Lance! Betting tem apostas a longo prazo para a Seleção Brasileira em 2024! Vem conferir!

O técnico da Seleção Brasileira também comentou o protagonismo de Vini Jr na ausência de Neymar. Para Dorival, a equipe precisa de diversos destaques ao invés de só um.

Publicidade

- Precisamos de protagonistas e não só de um único. A divisão de responsabilidades vai fazer nossa equipe crescer. É importante ter jogadores desse nível juntos. Temos que fazer, dentro do próprio grupo, que aflorem responsabilidades de cada um e o principal, que todos estejam desenvolvendo seu melhor - afirmou o técnico da Seleção.

🎙️ MAIS RESPOSTAS DE DORIVAL JR:

Publicidade

CONVOCAÇÃO PENSANDO À FRENTE?
- É o momento, uma competição importantíssima para todos nós. Não posso pensar além da Copa América. Temos que estar focados no objetivo que é muito claro para nós. Vamos tentar ser a melhor equipe possível na primeira fase. É um desafio grande.

JOGADORES MODERNOS
- É um fato natural, mas não quer dizer que não tenhamos um jogador com essa função. Precisamos avaliar o momento e concluímos que essa formação seja aquilo que buscamos para essa competição. Espero fazer um grande campeonato pelas qualidades dos jogadores. Vamos aguardar para ver se esse encaixe continue acontecendo, que é fundamental para ganhar a competição.

Publicidade

AUSÊNCIAS DE THIAGO SILVA E CASEMIRO
- O Militão está à disposição e está sendo inserido aos poucos. Podemos ter uma possibilidade de recuperação total, se já não aconteceu. Dificilmente seu treinador alteraria a equipe em função da recuperação dele. Tenho um conhecimento grande dele, da sua capacidade e das suas condições, e tenho certeza que chegará bem.

- O Casemiro merece o respeito de todos nós. Há três meses, disse o que esperava dele. Ele sabe muito bem o que penso dele. Amanhã farei um contato com ele, colocando aquilo que acredito que possa acontecer futuramente. É um jogador que merece consideração e que continuemos acreditando num atleta desse nível. O mesmo com o Thiago, com quem falei há 10 dias atrás. Tem história na seleção brasileira e tem que ser respeitado. A não convocação é em razão daquilo que acreditamos neste instante.

MAIORES DESAFIOS
- Primeiro que temos uma competição que demanda um longo tempo juntos. Essa equipe vai ter condição de adquirir tudo que imaginamos que possa vir a acontecer. Espero que essa resposta aconteça em campo. O trabalho vai ser intenso por um equilíbrio da equipe e a melhor performance possível. É uma competição que se aproxima de uma competição pelo período que estaremos juntos e espero levar isso até a última partida.

NECESSIDADE DE RESULTADOS
- Seria utopia falar que não existe uma preocupação com resultados. No futebol brasileiro, não tem cabimento. Temos um compromisso de pensar mais à frente, mas temos uma competição importante para qualquer seleção sul-americana. Vai nos dar uma ideia mais claro do nosso momento. Vamos enfrentar os adversários sul-americanos qualificados e em processo de crescimento. Teremos um campeonato difícil e muito disputado. Para mim, é uma preparação para qualquer competição mais forte. Não tenho dúvidas que vamos fazer de tudo para estar no jogo final.

- É uma competição importante que nos dará proximidade com a Copa do Mundo. Será um referencial. O jogador tem obrigação de tentar fazer seu melhor, que é o que estamos buscando fazer na Seleção. Estamos debruçados na Seleção e será assim até nosso momento derradeiro na Copa daqui a dois anos. Para mim foi uma satisfação, voltando de dois amistosos, sentir do torcedor brasileiro colocações de prazer e viver novamente a vida da Seleção. É esse o resgate que queremos de todos. Onde a Seleção entra, tem obrigação muito grande. É pentacampeã do mundo. Carregamos uma responsabilidade enorme. Temos que fazer o máximo para passar dignidade a esse torcedor.

RENOVAÇÃO DO GRUPO
- Mesmo que tenhamos jogadores jovens, a grande maioria está jogando em equipes de altíssimo nível e competições importantíssimas. Mesmo com pouca idade, uma vasta experiência. Eu discuto isso. É uma seleção bem equilibrada em todos os setores e que pode dar uma resposta positiva. Só vai chegar ao amadurecimento atuando. Se cada um dos jogadores chamar um pouco mais para não deixar a solução em cima de um ou dois nomes, é tudo o que queremos. Uma seleção forte, compacta e combativa. Temos que honrar o nome da Seleção em cada partida. O futebol brasileiro tem muito ainda para nos mostrar e espero que essa seleção apresente a verdadeira cara de todos nós.

ENDRICK
- Que vá conhecer a Disney, mas o principal que vá para os EUA focado no objetivo que temos. É um processo natural. Como o Abel falou, é natural que tenha motivos para colocar. A evolução acontece. O Endrick foi protagonista de uma grande conquista do clube há alguns meses, entrou bem nos amistosos e pode evoluir. Espero que aconteça aqui dentro e se sinta cada vez mais confortável.

JOGADORES COM EXPERIÊNCIA
- Essa tema liderança é importante. Surgiram algumas outras na primeira convocação. A principal: a postura do Danilo. A representatividade que teve nesse novo grupo foi importante. Paquetá, Guimarães e outros que se apresentaram. O ambiente criado no primeiro grupo nos chamou atenção. Nos enche de orgulho de ver trabalhando sem vaidade, querendo o melhor para a Seleção. Os que foram deixaram um ótimo recado, podem voltar a qualquer momento. Fabrício Bruno, por exemplo, foi na segunda e atuou nas duas partidas. Não há regra única e clara. Avaliamos uns 60 jogadores, todos muito bem avaliados. Podemos errar na concepção de um outro ou outro, mas quero uma seleção que vista uma camisa pesada como da Seleção, encare essa situação e faça a melhor Copa América possível. Se tivermos o melhor de cada um coletivamente, vamos ganhar muito.

PROTEGER VINI JR
- Isso é natural, saber se defender de situação dentro do campo. Que ele será caçado, acredito que sim, mas tem capacidade suficiente para encontrar caminhos que poucos encontram. Isso tem feito a diferença, fazendo o futebol do Vinicius vistoso e objetivo.

REPRESENTATIVIDADE DO FUTEBOL BRASILEIRO NA LISTA
- Não podemos esquecer que tivemos 26 jogadores naquele momento e 14 jogadores lesionados. Vieram e deram uma resposta. Também temos que observar os que já estavam anteriormente. É uma mudança gradativa, mas propiciando que todos se apresentem. Muitos tiveram uma recuperação e uma possibilidade de convocação. Não desanimem, não deixem que seja definitivo. Temos grandes jogadores que não foram chamados.

NEYMAR
- Imediatamente não, não o teremos nesse momento. Alterações podem acontecer. Teoricamente esse mesmo grupo nos acompanhará na Copa América.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.