Lance Documentário sobre surfista Ítalo Ferreira será lançado no dia 16

Documentário sobre surfista Ítalo Ferreira será lançado no dia 16

Produzido pela Liga Mundial de Surfe, obra contará trajetória do atual campeão mundial, desde a infância humilde em Baía Formosa (RN) até a conquista do título no Havaí

Lance
Lance

Lance

Lance

O surfista brasileiro Ítalo Ferreira ganhará um documentário especial feito pela WSL Studios, a produtora da Liga Mundial de Surfe (WSL). A obra, com estreia prevista para 16 de abril, vai mostrar a trajetória do brasileiro em um episódio da ‘Sound Waves’, série da WSL. Ela retrata a vida do atual campeão mundial no seu dia a dia, incluindo rotina pessoal, treinamentos e disputas das etapas.

Cada episódio da 'Sound Waves' mostra a jornada de um surfista. A série já exibiu capítulos com o brasileiro Lucas Chumbo, o havaiano Kai Lenny, o californiano Conner Coffin e a costa-riquenha Brisa Hennessy, entre outros.

Todos os episódios possuem legendas em português e ficam à disposição na plataforma da World Surf League na internet, no aplicativo da Liga para dispositivos mobile e também no Canal da WSL no Youtube.

- São documentários que retratam o universo do surfe e esse episódio especial retrata o nosso mais novo campeão mundial. Os amantes do lifestyle do surfe, se ainda não acompanham a nossa programação, devem fazê-lo, pois com certeza vão gostar - afirmou Ivan Martinho, CEO da WSL para a América Latina.

O episódio de ‘Sound Waves’ com Ítalo traz cenas comoventes, com o surfista contando sobre sua infância no esporte e a vida humilde até conseguir, com o surfe, melhorar as condições de sua família que até hoje reside e trabalha em Baía Formosa, no litoral do Rio Grande do Norte.

- Com oito anos de idade, como eu não tinha prancha, usava a tampa do isopor onde meu pai guardava os peixes que vendia nas praias. Mas como eu era muito magrinho conseguia ficar em pé nela - diz ele em um dos depoimentos.

Vários outros depoimentos fazem parte do documentário, como o da mãe do atleta, Katiana Ferreira, do pai, Luiz Ferreira de Souza, e do amigo e também surfista Jadson André, entre outros. A obra contém cenas da infância de Ítalo, os treinos, as manobras radicais e, sobretudo, a conquista do título no Havaí.

Nascido e criado em Baía Formosa, a 90 km de Natal, Ítalo ganhou sua primeira prancha aos 11 anos e, desde então, não parou mais. Na temporada de 2015 foi eleito ‘estreante do ano’, despontando na elite do surfe mundial. Quatro anos depois tornou-se campeão mundial ao superar Gabriel Medina na última etapa em Pipeline, no Havaí. Antes dele, apenas o próprio Medina, em 2014 e 2018, e Adriano de Souza, em 2015, conquistaram o título para o Brasil.

De quebra, Ítalo e Medina garantiram vaga nas Olimpíadas de Tóquio, quando o esporte estreará nos Jogos Olímpicos. Das últimas seis edições do Circuito Mundial de Surfe, quatro títulos foram obtidos pelo Brasil.

Últimas