Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Do digital ao presencial, STU On Tour chega à terceira edição; veja informações e como se inscrever

Vídeos já podem ser enviados a partir de quinta-feira, tudo de forma online, até a final presencial no Rio de Janeiro, em novembro

Lance|

O campeonato que nasceu do mundo virtual, e vem consagrando talentos como o agora vice-campeão mundial da modalidade Park, Augusto Akio, chega a sua terceira edição com muita história boa para contar. O STU On Tour surgiu em 2021, quando o mundo ainda vivia os efeitos da pandemia da Covid-19, e segue firme com a proposta de descobrir talentos do skate pelo país afora. A ideia é dar oportunidade para que, mesmo à distância, skatistas de todos os cantos do Brasil consigam apresentar suas manobras e estilos pelas redes sociais. A partir da próxima quinta-feira, já é possível enviar vídeos com suas linhas.

O STU On Tour apresenta um skate sem barreiras, um campeonato ao alcance de todos, inclusivo e interativo. Seja na modalidade Park/Bowl ou Street, tem como objetivo criar oportunidades, dar visibilidade e revelar os novos talentos do skate brasileiro de maneira online, sem distinção de idade, profissional ou amador. Para participar, basta uma câmera ou celular na mão e um skate no pé.

+ Palmeiras e Flamengo caem no ranking: saiba as posições dos clubes brasileiros em lista mundial

A regra é bem simples. A competição começa em um formato digital, onde skatistas gravam uma volta de 45 segundos, postam em seu perfil na plataforma TikTok, de acordo com as regras do evento, e as melhores, eleitas pelo público e por uma comissão técnica especializada, avançam para a grande final que será disputada de forma presencial, no Rio de Janeiro, durante o STU Open Rio. O número de inscrições por categoria é ilimitado.

Publicidade

O principal diferencial deste campeonato é dar a oportunidade para skatistas que muitas vezes não podem ir aos grandes centros, onde normalmente acontecem as competições, por questões econômicas ou até mesmo de logística devido às distâncias. O STU ON TOUR atua para garantir essa inclusão:

- É muito gratificante para nós, que organizamos o campeonato, quando vemos que pessoas de diferentes cidades estão participando, mostrando suas linhas, o seu skate. Estamos trazendo para a cena, muitas vezes, skatistas que não teriam essa chance. Todas as regiões do país estão presentes no STU On Tour e estamos sempre trabalhando para que isso aumente ainda mais - destaca João Victor, coordenador da Plataforma STU.

Publicidade

+ Aos 14 anos, brasileiro Gui Khury conquista mais uma medalha nos X-Games

FORMATO DA COMPETIÇÃO

Publicidade

No masculino, os 32 escolhidos avançam para as classificatórias, sendo que o primeiro colocado vai direto para a semifinal. Ou seja: serão 31 nomes vindos da seletiva lutando por 15 vagas na semifinal, juntando-se àquele que se garantiu automaticamente com a melhor volta.

Já no feminino não há a fase classificatória, com 20 skatistas avançando direto para a semifinal, sendo que só a primeira colocada segue para a final presencial direto. As skatistas que ficarem na “bolha” para avançar para a semifinal (vigésima e vigésima-primeira colocadas) irão passar por uma repescagem, onde o público, por votação online, vai decidir quem completará as 20 semifinalistas.

Os skatistas que ficarem na “bolha” para avançar para a fase semifinal (décimo quinto e o décimo sexto lugar) irão passar por uma repescagem onde o público, por votação online, vai decidir quem completa os 16 semifinalistas.

Avançam para a grande final do masculino os oito melhores skatistas da semifinal, que competirão presencialmente no Rio. No feminino também são oito, sendo a que avançou direto da seletiva mais as sete skatistas da semifinal. Só há uma única restrição: entre os homens, quem estiver ranqueado no STU 2023 do 1º ao 16º lugar na sua modalidade, na data de lançamento do início das inscrições do On Tour, não poderá participar. Entre as mulheres, a restrição é da 1ª à 8ª colocada do ranking.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por STU (@skatetotalurbe)

+ Cupom LANCEFUT com 10% OFF para os fanáticos por esporte em compras acima de R$299,90

COMO ENVIAR O VÍDEO?

Para participar da competição os skatistas devem se inscrever pela plataforma Sympla, através do link www.sympla.com.br, e postar seu vídeo de 45 segundos no Tik Tok, gravado em uma pista de Street, Park ou Bowl, marcando o perfil do @skatetotalurbe e usando a #STUontour2023. Aqueles que avançarem da seletiva para a classificatória precisam seguir o mesmo método e ainda enviar o vídeo em alta resolução para o e-mail stuontour@skatetotalurbe.com para validar sua presença nesta fase.

Chegada a fase semifinal, os 16 skatistas no masculino e as 19 skatistas no feminino, no mesmo processo online (o último, visto que a final é presencial), terão que se superar mais uma vez para agradar aos juízes convidados. Nesta etapa, o voto popular fará a diferença na escolha. Lembrando que todos os vídeos têm que ser publicados na vertical, no tempo máximo de 45 segundos, sem cortes ou edições e com som original, sem adição de música. Só serão válidos vídeos postados entre 18 de maio e 23 de junho.

Skatistas menores de 18 anos só terão sua participação garantida mediante autorização dos pais ou responsáveis. Ao todo, serão distribuídos 130 mil reais, divididos igualitariamente entre as categorias masculina e feminina.

Na primeira edição do STU ON TOUR, em 2021, os campeões foram Virginia Fortes Águas e Eduardo Neves, no Street, e Raicca Ventura e Augusto Akio, no Park. Na segunda edição, em 2022, foi a vez de Fernanda Tonissi e Dan Sabino pelo Park. E pelo Street, Murilo Marques e Isabelly Ávila.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.