Lance Djokovic sofre lesão no punho, mas vence e Sérvia vai às 4ªs na United Cup

Djokovic sofre lesão no punho, mas vence e Sérvia vai às 4ªs na United Cup

Sérvio perdeu um set para Lehecka e não jogou as duplas mistas, mas equipe saiu com a vitória e vaga nas quartas de final...

Lance
Lance

Lance

Lance

Número 1 do mundo, Novak Djokovic teve que lidar com problemas no punho, na madrugada desta terça-feira, mas venceu seu segundo compromisso de simples na United Cup, competição mista por equipes.

Djokovic passou por Jiri Lehecka, 31º colocado, por 6/1 6/7 (7/3) 6/1 e empatou o confronto após o triunfo no primeiro jogo da campeã de Wimbledon, Marketa Vondrousova, 7ª, sobre Olga Danilovic por 6/1 3/6 6/3. 

Na dupla mista, Nole esteve de fora e deu lugar a Hamad Medjedovic que jogou com Olga. Eles precisavam vencer um set e conseguiram a vitória de virada sobre Miriam Kolodziejova e Petr Nouza por 4/6 7/5 10/8 e classificaram o time sérvio que encara a Austrália nas quartas de final.

"Acho que foi bastante disputado para eles na quadra, mas também para nós sentados e assistindo”, disse Djokovic sobre as duplas mistas. “Todos estavam muito nervosos, obviamente, sabendo que precisávamos de um set contra jogadores que não tinham nada a perder. Acho que os dois não esperavam jogar, os dois jogadores da seleção tcheca que enfrentaram hoje. ambos são especialistas em duplas e estavam jogando muito, muito bem."

"Estou orgulhoso dos dois por elevarem o nível e fazerem isso acontecer para a Sérvia. Portanto, estamos apurados. É isso que importa."

"Aconteceu no aquecimento de hoje antes do jogo", disse Djokovic sobre a lesão no pulso.

Djokovic explicou sobre a lesão no punho: "Basicamente recebi tratamento constante antes do jogo, durante o jogo, depois do jogo, tentando resolver da melhor maneira possível o problema que enfrento hoje. Não é a primeira vez que enfrento este tipo de circunstâncias num ténis profissional de tão alto nível. Conheço o esporte profissional em geral, estas coisas acontecem e consegui jogar bem, embora talvez não estivesse me sentindo 100 por cento, mas ainda assim me permitiu terminar a partida. Espero ter tempo suficiente para me recuperar para a eliminatória de amanhã contra a Austrália."

Últimas