Lance Djokovic rechaça apoio do pai à guerra: 'Nunca seremos a favor'

Djokovic rechaça apoio do pai à guerra: 'Nunca seremos a favor'

Pai do sérvio diz que foi mal interpretado e nega ter apoiado a Rússia na guerra

Lance
Lance

Lance

Lance

Após a classificação para a final do Australian Open, Novak Djokovic teceu algumas palavras sobre o episódio do pai tirando fotos com manifestantes pró-Rússia e com bandeira de Vladimir Putin.

"É lamentável que a má interpretação do que aconteceu tenha aumentado tanto. Nós como família já passamos por guerras, sabemos o quanto são devastadoras e nunca seremos a favor da guerra", disse o tenista que buscará seu 22º Grand Slam no domingo para igualar Rafael Nadal.

O pai de Djokovic, Srdjan, se explicou e negou ter sido favorável aos manifestantes: "Estou aqui apenas para torcer pelo meu filho. Não tive intenção de provocar essas notícias ou embróglio. Eu estava lá fora (em Melbourne Park) com os fãs do Djokovic como faço em todos os jogos para celebrar as vitórias do meu filho e tirando foto com eles. Não tive intenção de ser pego com isso. Minha família viveu o horror da guerra e nosso desejo é somente a paz. Para não causar danos resolvi assistir de casa a semifinal de hoje", disse.

Últimas