Lance Djokovic quer hexa em Wimbledon: 'Desistir não é uma opção'

Djokovic quer hexa em Wimbledon: 'Desistir não é uma opção'

Sérvio reconhece priorizar Grand Slams e reconhece mérito do rival

Lance
Lance

Lance

Lance

Logo após vencer uma semifinal tensa diante do canadense Denis Shapovalov, o sérvio Novak Djokovic concedeu entrevista em quadra para falar de sua sétima final em Wimbledon, onde busca o hexacampeonato e revelou que "desistir" não é opção.

"O placar não mostra o que foi o jogo. Ele sacou para o primeiro set, teve muitas e muitas chances no segundo set. Foi um grande jogo da parte dele. Ele merece um grande aplauso, apresentar-se assim, em sua primeira semifinal de Grand Slam é esplêndido, falaremos dele e o veremos muito firme em grandes jogos no futuro", analisou a partida puxando uma nova ovação ao rival, que deixou a quadra Central de Wimbledon chorando.

Djokovic foi questionado sobre sua 30ª final de torneio do Grand Slam, onde busca 20 títulos para igualar o recorde de Roger Federer e Rafael Nadal como máximo campeão. "Eu sou realmente privilegiado por escrever história no esporte que amo. No estágio em que me encontro em minha carreira, os Grand Slams são tudo, são os quatro eventos mais importantes do nosso esporte. É bonito. Mas destas estatísticas, ok, eu eu preciso estar no presente e agora o meu presente é o jogo de daqui dois dias, uma grande luta. Desistir não é uma opção", pontuou.

Últimas