Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Djokovic domina Shelton, frustra torcida e vai à final do US Open

Sérvio chega a sua 10ª final do Aberto dos Estados Unidos

Lance

Lance|Do R7


Lance
Djokovic vibra no US Open

O sérvio Novak Djokovic, vice-líder da ATP, frustrou em uma única oportunidade a torcida em Nova York e a campanha de sonho do local Ben Shelton, 47º, e está de volta à grande final do US Open, onde busca o tetracampeonato.

Jogando sob teto fechado em razão do clima em Nova York, Djokovic e Shelton protagonizaram uma partida que chegou entretenimento ao público presente, com pontos muito disputado e belas jogadas dos dois atletas. Após 2h25 o sérvio fechou o placar em 6/3 6/2 7/6 (7-4) tendo convertido o mesmo número de aces do americano, cinco, que cometeu 43 erros não-forçados a 25 e cometeu cinco duplas-faltas diante três do sérvio que disparou 28 bolas vencedoras a 30 do americano.

A partida teve um início com o americano sacando muito bem e conseguindo trabalhar bem nas devoluções. Experiente, Djokovic buscou não se deixar pressionar e vencendo dois games de saque de zero pressionou e chegou a quebra no 6º game, abriu 5/2, chegou a ter três setpoints no 8º game, mas viu o rival salvar e precisou saca pela parcial.

Na segunda etapa, o equilíbrio ocorreu apenas no início da disputa e sólido com backhand, Djokovic trabalhou bem pontos longos e venceu cinco games em sequência com quebras nos 5º e 7º game, abrindo grande vantagem na partida.

Publicidade

O sérvio abriu o terceiro set com quebra e foi administrando a vantagem até sofrer a primeira quebra da partida no 8º game e viu Shelton crescer, precisando salvar setpoint no 10º game. Na sequência, Djokovic chegou à quebra de saque crucial e sacando para a partida ainda viu o americano devolver a quebra e empurrar a disputa para o tiebreak. Ali, o sérvio trabalhou bem na devolução e abriu 5/1 com duas mini-quebras

Tricampeão do US Open (2011, 2015 e 2018), Djokovic chega a final do US Open pela 10ª vez na carreira. Nela, aguarda pelo vencedor do duelo entre o espanhol Carlos Alcaraz, seu algoz na final de Wimbledon este ano, e o russo Daniil Medvedev, seu algoz na final do US Open 2021.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.