Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Djokovic defende ausência de Alcaraz na Davis e exalta jovem espanhol

Sérvio destaca conquistas de jovem e pede compreensão da torcida

Lance|

Lance
Lance Lance

O sérvio Novak Djokovic concedeu sua primeira coletiva de imprensa em Valência, na Espanha, onde faz parte da equipe de seu país na fase de Grupos da Copa Davis e fez questão de defende a ausência do número 1 espanhol, Carlos Alcaraz, na competição.

“É preciso proteger os jogadores nessas situações. Claro que haverá pessoas desiludidas porque ele não veio jogar pela Espanha, as pessoas que não entendem que ele está cansado aos 20 anos e que alguém com 36 anos, como eu, está aqui. É importante entender cada contexto, ano passado ele conquistou o título e veio para jogar, não se esqueçam disso, ele veio aqui quase sem tempo para descansar", alertou o sérvio.

"Sei que ele adora jogar pela Espanha, que fará isso muitas vezes na carreira, sei que em algum momento ele acabará ganhando esse título. Não levem isso em conta, nos meus 20 anos de carreira também não joguei todas as eliminatórias e a resposta das pessoas nem sempre foi positiva. É difícil ser sempre exemplo para todos, mas estamos viajando o mundo o ano todo, disputando torneios, levando nosso corpo ao limite, em algum momento é necessário descansar", ressaltou Djokovic.

Ao ser questionado sobe o potencial de Alcaaz, Djokovic destacou: "Em termos de resultados, acho que já estão aí. Ele joga no circuito há apenas alguns anos e já venceu dois Grand Slams, além de ser o mais jovem número 1 da história. Tudo o que ele conquistou no ano passado é incrível para um garoto de apenas 19 anos, é algo marcante para a história do nosso esporte. Ele é um menino especial, terá uma carreira espetacular se se mantiver saudável e mantiver esse nível de tênis, embora nada possa garantir que acabará sendo um dos melhores da história. Os adversários te conhecem cada vez mais, vão entendendo como você joga, o que posso dizer é que ele é um dos jogadores que mais me impressionou na hora de enfrentá-lo. É também um cara fantástico, com uma equipa e uma família exemplares. A chegada de Carlos Alcaraz é muito boa para o tênis”.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.