Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Djokovic bate Sinner, vai à final em Wimbledon e busca igualar recordes

Sérvio alcançou sua nona final em Wimbledon e 35ª de Grand Slam na carreira

Lance

Lance|Do R7

Lance

Novak Djokovic segue imbatível na grama sagrada de Wimbledon. O sérvio, número dois do mundo, se classificou, nesta sexta-feira, para a decisão do torneio mais tradicional do esporte, jogado no All England Club.

Atuando na quadra coberta por conta da chuva, Djokovic derrotou o italiano Jannik Sinner, oitavo colocado, por 3 sets a 0 com parciais de 6/3 6/4 7/6 (7/4) após 2h46min de duração. Foi o terceiro jogo entre os dois e a terceira vitória de Nole que no ano passado precisou virar após 2 sets a 0 abaixo para derrotar o mesmo adversário, nas quartas de final.

Nole jogará sua 134ª final na carreira, buscará o 95º título e o 24º Grand Slam , o que o faria igualar com a australiana Margaret Court como o maior vencedor da história de Majors entre homens e mulheres. Esta será sua 35ª final na carreira de um Slam.

Nole jogará sua nona final de Wimbledon e buscará o octacampeonato, o que igualaria Roger Federer como o maior vencedor do torneio no masculino. A única decisão perdida em Londres foi em 2013 para Andy Murray, sua última derrota também na quadra central mítica do torneio. Ele soma agora 34 vitórias seguidas no torneio em que venceu as quatro últimas edições.

Publicidade

O adversário deste domingo sai do duelo entre o espanhol Carlos Alcaraz, número 1 do ranking, e o russo Daniil Medvedev, terceiro. Os dois jamais fizeram final no Aberto da Inglaterra.

O jogo

Publicidade

Sinner deu trabalho nos primeiros games com chances de quebra, mas Djokovic se salvou, conseguiu a quebra e conduziu bem o set para fechar por 6/3 em 40 minutos. No segundo set Nole quebrou cedo e um lance peculiar chamou a atenção. Ele levou um hindrance no 2 a 1 e saque com 15 iguais após dar um grito após um backhand. O juiz lhe tirou o ponto, Nole reclamou, mas seguiu o jogo. Djokovic salvou break-point, confirmou e conduziu bem a parcial apesar de games mais apertados fechando por 6/4.

Nole teve um 0/40 logo no começo da parcial, mas Sinner conseguiu sacar muito para se safar. Sinner foi confirmando até ter um 15/40 e dois set-points no décimo game, mas errou três seguidas e permitiu o empate. No tie-break o italiano abriu 3 a 1, mas cometeu erros e Djokovic aproveitou sua chance para finalizar a partida.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.